Seguidores

domingo, 19 de janeiro de 2014

Itaituba a Jacareacanga

Itaituba a Jacareacanga

Fim da trilha
A vegetacao muda o tempo todo. Sao muito cenários diferente ao longo da mesma estrada

A foto está de cabeça pra baixo ou não?
A Transamazonica dos meus sonhos
A maior árvore que ja vi na vida.
Cruzar o Brasiil pelas areias Jalapao ao coraçao da floresta Amazonica é preciso ter os dois pés no chao. E de preferecia que sejam dois mittas E09.
Entrada do Parque
Itaituba a Jacareacanga

Itaituba tem seu passado recente ligado ao garimpo.
Nos anos 80 havia em Itaituba 60 mil garimpeiros trabalhando nos garimpos da cidade. As histórias de riqueza são muitas. Os homens que mais enriqueceram com o garimpo foram Zezao do Abacaxi (Dono do garimpo do abacaxi) e o Zé Arara.
O dinheiro era tanto que Zezao fez uma festa de quinze anos para sua filha reunindo 700 pessoas. Tudo do bom e do melhor. Para animar a festa chamou o Grupo Polegar que estava no auge da fama.
Zé Arara tinha um jatinho com pista de pouso particular asfaltada. Às vezes pegava a família e ia almoçar em um bom restaurante de São Paulo, depois voltava.
Vinham mulheres do Brasil todo para trabalhar no km 7 onde ficavam as boates.
Havia 17 boates e mais de 400 mulheres, tudo de primeira linha. Algumas depois eram vistas em capas de revistas ou no carnaval do Rio. Foram as que mais ganharam com o garimpo.

Logo que se sai de Itaituba em direção a Apui há a Reserva Nacional da Amazônia.
Que lugar! O lugar mais espetacular que já vi na vida. Você se sente na casa de Deus.
É como se ele conduzi-se você lentamente. Há uma paz muito grande. Arvores muito alta. Pássaros cantando o tempo todo. Há um cheiro de vegetação.
É como se estivesse acontecendo um grande espetáculo e só você fosse à platéia e o teatro fosse todo seu. Você pode ver a apresentação na velocidade que quiser, pode pedir pra repetir e pode voltar atrás e ver de novo. Sentia-me leve, completo e em paz com Deus. Abençoado por poder estar ali. Fui tocando lentamente sem capacete e sem velocidade. Apenas vendo, ouvindo e sentindo. Extasiado
Obrigado meu Deus por esse dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário