Seguidores

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Vale: é hora de comprar!


Vale: é hora de comprar!

Por Pedro Jacobi  
LinkedIn  


Sabemos que em momento de crise o dinheiro anda escasso e guardado a sete chaves em investimentos de pouco risco. Apesar dos riscos inerentes à bolsa achamos que é hora de sair da casca e, para variar, ganhar um retorno positivo nos próximos dias. Veja o que nós acreditamos que pode ocorrer. Ou melhor, por que eu estou colocando minhas fichas na Vale.
 Nos últimos meses a Vale vendeu ativos, cortou custos, demitiu, fechou, pagou dívidas, mudou estratégias, fez tudo certo e...nada aconteceu. As suas ações despencam desde novembro do ano passado. Eu sei que você vai argumentar e tentar explicar o motivo desta queda. Mas, a verdade é que o motivo não é técnico, mas sim humano.
A mesma situação aconteceu com as suas grande rivais, BHP Billiton e Rio Tinto, mas, com elas o mercado reagiu de forma menos emocional e essas empresas mostram um desempenho muito superior ao da Vale neste período.
O mercado é assim mesmo. É emocional. O efeito manada é, frequentemente, mais importantes do que o hard data, do que os números frios. Se o mercado fosse controlado por computadores, prevê-lo seria a coisa mais fácil do mundo. Basta olhar as tendências e os balanços e, voilà: o lucro seria certo. Mas não é assim que as coisas andam.
Ocorre, que quando o comprador e vendedor são seres humanos, outros parâmetros entram em jogo e, então, a previsão vira uma coisa do outro mundo. Até um gato consegue prever melhor do que os experts, como vimos em matéria publicada aqui no Portal do Geólogo. A complexidade é tamanha que torna a previsão da bolsa, na maioria dos momentos, um exercício aleatório. Existem, literalmente, milhares de trabalhos científicos e até prêmio Nobel calcados em algoritmos e gráficos que nos ajudam a prever o desempenho de uma ação no futuro. Os matemáticos usam probabilidades, a teoria do caos, os efeitos bullwipp, efeitos borboleta e muitos outros. Tudo fica fácil quando a explicação é o passado. Mas prever o futuro é para poucos, muito poucos. Mesmo assim existem momentos em que tudo conspira para um único resultado.
É o caso da Vale. Ela tem que subir e subir nos próximos dias.
A ação da Vale está valendo hoje $26,68: um preço irresistível. É claro que ela pode ainda cair, mas não vai cair muito mais.
Tudo leva a crer que veremos o efeito W acontecendo em poucos dias. Ou seja, prepare-se para uma subida rápida e persistente que deve ocorrer já nas próximas duas semanas. Essa subida irá reverter as quedas dos últimos meses. Ou seja, vai dar para ganhar algum dinheiro com a Vale.
Por que acreditamos nisso?  Vamos recapitular:
-Preço da ação muito baixo, empresa sólida e fazendo o dever de casa, o mundo em crescimento com as grandes potências, todas, recuperando-se da prolongada crise. Em cima dessa argumentação coloque a China, que está investindo maciçamente em urbanização e deve continuar comprando minério de ferro como em 2013. Essa conjuntura deve manter os preços do minério de ferro dentro de um patamar estável o que vai viabilizar a maioria dos grandes investimentos que estão sendo feitos hoje. 
Não é a toa que vemos com muito otimismo o futuro do minério de ferro nos próximos anos e com ele o futuro da Vale, que está colocando a Serra Sul e suas 90 milhões de toneladas adicionais de minério de ferro no mercado por ano. Tudo isso com um dos menores custos operacionais por tonelada do mundo. Acredite, quando o assunto é ferro a Vale é um animal!
Essas vendas adicionais irão causar uma enorme alavancagem nas finanças da empresa. Mesmo com o níquel e Simandou a perigo a mineradora vai decolar em 2014. Se você não é avesso a risco está aí uma boa aposta para 2014.
Portanto, prepare-se para mais um rally. Aperte o cinto, sucessos e bons lucros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário