Seguidores

domingo, 23 de março de 2014

Turmalina azul a + cara

RIO GRANDE DO NORTE
                                                            Turmalina azul a + cara
PEGMATITO DOS QUINTOS – MUNICÍPIO DE PARELHAS dá ênfase a qualidade gemológica da
turmalina azul brilhante
, também chamada
"turmalina Paraíba". O pegmatito dos Quintos, de idade Brasiliana, é intrudido discordantemente em
quartzitos Precambrianos da Formação Equador. A
direção principal dos quartzitos é 45ºNE; a direção
principal do pegmatito é 10ºNW, com mergulho de 30º para leste. O posicionamento do pegmatito é
complexo, com encurvamentos e mergulhos levemente diferentes.
Os principais minerais do pegmatito dos Quintos são quartzos, microclínio e muscovita, com grandes
corpos de substituição que consistem em albita (cleavelandita), lepidolita e elbaíta. Minerais
acessórios são berilos, espodumênio, schorlita, columbita, autunita, gahnita e cookeíta. Estágio tardio
de lepidolita é distribuído ao longo de todo o pegmatito.
A origem da cor azul turquesa brilhante é considerada como sendo devido a conteúdo adicional de
cobre. 
 
 PARAÍBA
TURMALINAS DO ALTO QUIXABA
O pegmatito Alto Quixaba está situado na região do Seridó, aproximadamente 15 km a NE da cidade
de Frei Martinho, Paraíba. O pegmatito granítico está encaixado subvertical e discordantemente no
biotita-xisto da Formação Seridó, com direção geral 60°/80° SW. O pegmatito complexo é composto
basicamente por quartzo, microclina, cleavelandita, moscovita e ambligonita, com quantidades
menores de turmalina preta, lepidolita, berilo
, turmalinas gemas
e minerais metálicos. Apresenta
uma variação mineralógica e textural possibilitando a sua divisão em três zonas (externa,
intermediária e núcleo). Na parte central do pegmatito pode ser observado um corpo de substituição,
ou seja, um enriquecimento característico em turmalina gema, lepidolita, manganotantalita "irisada" e
um mineral da série pirocloro/microlita 
A
turmalina gema
do Alto Quixaba
é elbaíta, e a turmalina preta, schorlita
As
turmalinas gema
ocorrem nas cores verde, azul esverdeada, azul e violeta em várias tonalidades,
além de amostras bi e tricolores. Os cristais mostram hábitos prismáticos com estriações paralelas ao
eixo c e faces prismáticas arredondadas. Pode ser observado grupos de cristais paralelos de cores
diferentes, muitos deles transparentes, com poucas inclusões. Estas
turmalinas
caracterizam-se
principalmente pelas cores azuis e verdes e ótima qualidade gemológica. Possuem forte pleocroísmo
As
elbaítas
do Alto Quixaba possuem uma deficiência em álcalis (sítio X) de 12 a 17 %. São
relativamente ricas em Mn, com o conteúdo variando entre 1,69 e 2,87 % de MnO. Possuem elevado
teor de Zn, com valores de até 2,98 % em peso de ZnO, teor este, que pode ou não ser resultado da
presença de inclusões de outros minerais. As cores nestas
elbaítas,
especialmente verde, azul
esverdeado e azul violetado, podem ser caracterizadas por maiores concentrações de FeO, MnO e
ZnO, enquanto a cor azul, além da concentração de FeO,

Nenhum comentário:

Postar um comentário