Seguidores

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Megainvestidor diz à Bloomberg que Petrobras é um “golpe, não uma ação”

Megainvestidor diz à Bloomberg que Petrobras é um “golpe, não uma ação”




O  megainvestidor Jim Chanos volta ao ataque e, sem a menor cerimônia diz que a Petrobras é um golpe, não uma ação.

A entrevistadora  Stephanie Ruhle da Bloomberg pergunta se ele acredita que a empresa havia “enganado” os investidores no IPO de 2010 e Chanos, mais uma vez, responde que sim.

Ele diz que a Petrobras apresentou tabelas muito otimistas que levaram os investidores a ver uma empresa diferente. Chanos fala, também, que a petroleira tem que pegar dinheiro emprestado, em torno de US$20 bilhões por ano, para mostrar essa imagem vencedora e conseguir pagar os dividendos. 

Segundo ele apesar do crescimento da produção do pré-sal a produção total da Petrobras não vem crescendo e que a produção deveria dobrar só para pagar a imensa dívida contraída e o seu custo.

Para piorar o americano termina dizendo que mesmo se Aécio Neves ganhar a situação vai ser difícil, mas se Dilma ganhar vai ficar muito pior.

Jim Chanos é o principal executivo de um grande fundo e o presidente da Kynikos Associates uma consultoria de investimentos especializada em short selling.

Independente se este Chanos estiver certo ou não o fato que preocupa é o enorme estrago que o Governo conseguiu fazer nas finanças e na imagem de nossa maior empresa, a Petrobras. Temos que lembrar que entrevistas como estas são vistas por milhões de possíveis investidores, não só da Petrobras, que não mais vão querer investir em um Brasil manchado pela incompetência e corrupção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário