Seguidores

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Menor número de sondas nos Estados Unidos faz petróleo subir

Menor número de sondas nos Estados Unidos faz petróleo subir




A queda dos preços do petróleo para níveis ao redor dos US$50 por barril está fazendo as empresas concentrarem em áreas com custos operacionais mais baixos.

Era o que os árabes planejaram, que os Estados Unidos desacelerassem a produção do óleo mais caro que estava sendo extraído, aos milhões de barris por dia, do xisto americano.

Parece que a estratégia da OPEP está dando certo.

O número de sondas em atividade nos Estados Unidos está sendo reduzido drasticamente. Desde o início do ano 342 sondas foram paralisadas nos projetos de extração americanos. Somente na última semana o número foi reduzido em 83, conforme informa a Baker Hughes Inc.

Esta forte redução na sondagem implica em uma consequente desaceleração na produção de petróleo americana: exatamente o que os árabes queriam.

A primeira consequência é o aumento do preço do barril de petróleo.

Já faz alguns dias que o barril voltou a subir, atingindo hoje US$52,87, após uma alta de 2,3%.

Até onde o preço continuará a subir?

Esta é a parte da história onde todos se dividem.

Possivelmente os preços deverão se manter nos níveis atuais, caso contrário os poços americanos voltarão a produzir e tudo voltará como anteriormente.


Nenhum comentário:

Postar um comentário