Seguidores

domingo, 29 de março de 2015

Seca na Califórnia: fazendeiros deixam de plantar para vender água

Seca na Califórnia: fazendeiros deixam de plantar para vender água


A indústria do arroz do Sacramento Valley está em plena crise: mesmo com água muitos campos irão permanecer secos.

É que muitos fazendeiros estão fazendo o impensável. Vendendo a sua água para a cidade de Los Angeles.

A Califórnia é um estado com baixíssima precipitação pluviométrica.

Cercada de desertos ela sobrevive graças às muitas represas e a uma legislação implacável que penaliza o gasto excessivo e o desperdício.

A situação de Los Angeles, uma cidade de 3,9 milhões de habitantes, agravou-se drasticamente nos últimos anos com a forte seca que afeta a região.

Nesta quinta o Governador Jerry Brown aprovou um plano de emergência de US$1 bilhão que deverá mitigar, em parte, os efeitos da seca que já dura quatro anos.

Parte desses fundos será direcionada para o longo prazo, visando o controle das cheias, a reciclagem de água e a construção de plantas de dessalinização da água do mar.

Apesar do clima desértico as chuvas, quando ocorrem, causam grandes cheias e as águas quase não são aproveitadas ou armazenadas. Desta forma o governo local espera investir, pelo menos, US$660 milhões em projetos de controle de cheias que poderão recuperar as reservas subterrâneas exauridas.

A população da cidade, que deveria estar racionando pelo menos 20% de seu consumo, só conseguiu reduzir 8,8% no início de 2015. Um fato preocupante.

Em breve a estação das chuvas estará terminando, sem o volume esperado. Os técnicos, no entanto, esperam que as montanhas sejam, mais uma vez, cobertas por neve que, possivelmente, não derreterá tão cedo não contribuindo para o aumento do nível das drenagens.

É onde entram os fazendeiros do Sacramento Valley? 

 Com as opções de curto prazo quase esgotadas o governo local criou uma nova fonte de água que, pouco tempo atrás seria inacreditável. É aí que entram os fazendeiros do Sacramento Valley.

Eles estão vendendo a sua água por US$0,57/m3.

Em outras palavras, esses fazendeiros estão tendo um lucro bem maior na venda de água do que no plantio do arroz.

E os preços pagos pelo governo em 2015 já subiram 40% sobre os do ano passado!

Os efeitos serão sentidos em breve quando os preços dos produtos agrícolas decolarem.

Enquanto isso o governo local está tentando todos os truques para reduzir o efeito da seca. Nos próximos dias serão criadas novas leis de emergência que afetarão e restringirão alguns negócios e hábitos dos cidadãos.

A Califórnia está, finalmente, mergulhando em uma guerra de vida ou morte contra a seca. Será que eles irão conseguir?

Com certeza sim!

Se um estado que tem um PIB de 2 trilhões de dólares, o mesmo tamanho do PIB de toda a Rússia, não conseguir, ninguém mais conseguirá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário