Seguidores

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Diamante os 4Cs de um diamante


Mais que um investimento, um diamante representa uma expressão de afeto e amor; sua compra deve ser uma experiência segura e agradável. Pensando nisso, o GIA (Gemological Institute of America), desenvolveu um padrão de classificação de diamantes que é o mais aceito em todo mundo e que mudou a forma como os diamantes são comercializados. Este sistema, conhecido como "Os 4 Cs" se baseia na classificação dos diamantes com referência às suas 4 características básicas, que são:
1ºC - Carat
O quilate é uma unidade de medida de peso que representa 200 miligramas,
ou 1/5 de uma grama. Um diamante de 1 quilate pesa, então, 0,20 gramas.
O quilate se subdivide em 100 unidades chamadas PONTOS. Desta maneira,
um diamante de 30 pontos possui 0,3 quilates de peso.
Considerando-se o mesmo tipo de lapidação, por exemplo o “Brilhante”,
quanto maior o peso (quilate) maior será a pedra. Veja abaixo:
2 ºC - Color
Para facilitar a comunicação entre compradores e vendedores de diamantes, o GIA criou um padrão de classificação de cores de diamantes que se inicia na letra D e termina na letra Z. Quanto menos cor um diamante apresenta, maior sua classificação na escala. Diamantes com classificação de cor entre D e F são considerados incolores, sendo D a classificação usada para diamantes totalmente sem cor. A medida que o diamante vai apresentando mais tons de amarelo, ele vaidescendo na escala, até chegar na classificação (letra) R. O preço de um diamante diminui quanto mais cor ele apresentar. A partir da letra S, o diamante éconsiderado “fancy” e classificado de maneira diferenciada. A ABNT/IBGM utiliza a seguinte definição, em português, para traduzir a escala de cor do GIA:
3ºC - Clarity
O diamante deve brilhar com profusão e apresentar um "fogo interno" digno da mais valiosa das pedras preciosas. O grau de pureza do diamante se refere à presença (ou não) de inclusões e manchas que possam diminuir seu valor. No Brasil estas manchas e inclusões são também conhecidas como "jaça". A avaliação de pureza do diamantes é feita pelo profissional, utilizando a lupa de mão de 10X ou microscópio gemológico com lente de 10X. A quantidade, tamanho, posição e natureza das imperfeições (jaça) definem o grau de pureza do diamante. Um diamante classificado IF (Internally Flawless - Internamente livre de inclusões) é considerado o mais puro. A ABNT/IBGM utiliza as seguintes definiçôes, em português, para traduzir a escala de pureza do GIA (ver quadro próxima página):
4ºC - Cut
A classificação de corte do diamante diz respeito a como o diamante foi cortado e lapidado. Esta classificação não deve ser confundida com o tipo de lapidação do diamante (Brilhante, Navette, Oval, etc). O corte é o mais importante dos 4 Cs e diz respeito à qualidade de sua lapidação. Uma lapidação bem feita garante ao diamante um brilho e fogo, que o faz
se diferenciar das outras gemas. A lapidação consiste em dois parâmetros muito diferentes: as proporções (ângulos e alturas) e o grau de acabamento (simetria e polimento), que traduzem, antes de qualquer coisa, o cuidado e a experiência com que a gema foi tratada no momento da lapidação. A figura ao lado, refere-se ao corte “Brilhante”, considerado ideal. Todos os ângulos e proporções foram cientificamente definidos para garantir a melhor performance da luz dentro do diamante e seu retorno aos olhos do observador, criando as cores e brilho que se vê em um diamante de alta qualidade
Corte Brilhante
.Quanto melhor o corte, lapidação, simetria e polimento do diamante, melhor o retorno de luz e por sua vez, maior seu valor. A ABNT/IBGM utiliza as seguintes definiçôes, em português, para traduzir a escala de corte do GIA:
Curiosidade
1 - Diamante Rosade 59,60 quilates, vai causar frenesi dia 13
de novembro pois o leilão promete chegar a valores de $ 60 milhões. 2 e 5 - Diamantes Harry Winston para os fãs de pedras preciosas, o diamante Hope (45,52 quilates) e a Estrela do Oriente (94,80 quilates).
3 - O belo diamante azul de Wittelsbach, de 35,56 quilates.
Lembra a lenda do diamante azul Hope, que teria sido supostamente roubado de um templo sagrado da Índia. Quando os nativos descobriram o roubo, colocaram uma maldição sobre aqueles que por ventura obtivessem a pedra sagrada.
4 - Diamante de 118 quilates, impressionante!
6 - Diamante azul de 7,5 quilates é um tesouro oferecido
para os amantes do hipnotizante tom azul, e vai estar à venda na Sotheby Hong Kong, junto com o diamante de 118 quilates.

Nenhum comentário:

Postar um comentário