Seguidores

sábado, 26 de novembro de 2016

Elemento de Força e Brilho

Elemento de Força e Brilho
Elemento químico, em geral sólido, que possui um brilho particular.
Estão distribuídos de forma irregular pela crosta do planeta. Não é comum encontrá-los em estado natural, puros. Em geral são encontrados juntos a outros  elementos, nos minerais, e com grande quantidade de impurezas.
São encontrados em 4 estados: Sólido - Líquido - Pastoso - Gasoso
Os cristais do metal estão distribuídos de forma arrumada em sua massa quando o mesmo está recozido e mole (de acordo com seu estado natural).
Quando o metal é trabalhado por meio de forja, laminação, repuxo, prensa, ou qualquer forma de pressão física, ele adquire rigidez excessiva. Por esse motivo quem trabalha com metal precisa estar sempre "recozendo" o mesmo. Além de tornar-se difícil o manuseio pode apresentar rachaduras e trincas quando se ultrapassa seu limite de tolerância, ou "ponto de fadiga".
Metais (6295 bytes)
Metal em seu estado natural
Metais (6116 bytes)
Metal trabalhado
Metais (6409 bytes)
Metal recozido
A têmpera do metal ocorre quando ele é aquecido a uma temperatura ideal e resfriado rapidamente. Esse processo possibilita a obtenção da maior dureza possível.
Portanto, quando o metal é aquecido (recozido) e deixado a resfriar lenta e naturalmente o resultado é maleabilidade e moleza. Quando esse resfriamento é feito abruptamente o metal pode tornar-se extremamente rígido.
Características dos metais:
  • Condutibilidade: de eletricidade, calor, vibrações.
  • Ductibilidade: a capacidade de se transformar em fios.
  • Maleabilidade: possibilidade de deformar-se, sem que se quebre ou trinque, até o ponto de uma fina lâmina.
  • Elasticidade: característica apresentada por alguns metais que faz com que, depois de serem pressionados por uma força, voltem à sua forma de origem.
  • Tenacidade: resistência à tração.
A natureza pode nos oferecer cerca de 70 metais puros.
Unidos a outros elementos formam os compostos. Os mais comuns são os óxidos.
Quando dois ou mais metais são fundidos juntos temos uma liga.
  • O aço é uma liga de ferro + carbono.
  • O latão é uma liga de cobre + zinco.
  • O bronze é uma liga de estanho + cobre.
O objetivo ao se preparar uma liga é obter um composto com características mais eficientes do que os elementos que lhe deram origem.
Platina1750 ºC
Ferro1520 ºC
Níquel1450 ºC
Cobre1083 ºC
Ouro1070 ºC
Prata960 ºC
Alumínio658 ºC
Zinco419 ºC
Chumbo327 ºC
Estanho232 ºC
São chamados metais nobres aqueles que não são atacados por ácidos ou sais, não se oxidam, são raros na natureza e permanecem sempre puros.
O Ouro, Prata e Platina são classificados como metais nobres.
Tanto a prata quanto o ouro são moles para o uso em peças de adorno, pois podem ser facilmente danificados por riscos e deformações.
Para se utilizar esses metais, é preparada uma liga que os torna mais duro.
No caso do ouro, a liga mais utilizada é a 750 (a mesma de 18 quilates).
Isso significa que nessa liga:
  • 750 partes são de ouro puro (999)
  • 250 partes são de outros metais - prata e cobre
Sua cor varia conforme a proporção da liga prata/cobre, e de acordo com o metal utilizado para endurecer a liga. Veja: 
Ouro + 2/3 de prata + 1/3 de cobre
Ouro Amarelo
Ouro + 1/3 de prata + 2/3 de cobre
Ouro Rosa
Ouro + prata + zinco
Ouro Azul
Ouro + prata + ferro (ou aço)
Ouro Negro
Ouro + cobre
Ouro Vermelho
Ouro + paládio
Ouro Branco
Ouro + prata
Ouro Verde
O mercúrio é prejudicial e pode danificar peças de ouro irremediavelmente.
Calcula-se que o ouro é conhecido há mais de 6.000 anos.
Esteve associado à maioria dos sistemas monetários do passado.
Metal preferido e básico dos ourives, o ouro agrada por seu brilho, beleza, raridade, possibilidades de aplicação e texturas.

Por tudo isso é, merecidamente, intitulado o "Rei dos Metais".

Nenhum comentário:

Postar um comentário