Seguidores

sábado, 26 de novembro de 2016

Origem - Formação - Características

Origem - Formação - Características
 
Rocha é constituída por minerais.
Mineral é um constituinte natural, geralmente pesado, compacto e duro. A maioria dos minerais possui formas definidas denominadas cristais.
Os minerais são utilizados pelo homem nas mais diferentes formas e atividades.
A mica é utilizada na produção de papel de parede, lubrificantes e tintas.
A turmalina é usada em manômetros.
Experiências ultra-sônicas utilizam o quartzo.
Na goma de mascar é empregada a calcita.
Isso sem falar na utilização dos metais, que também são minerais.
Um grande atrativo dos minerais é sua variada gama de cores. Esse colorido é bastante resistente, não se altera, mesmo com a prolongada exposição ao sol. É determinado pela composição química do mineral.
As rochas podem ser:
  • Rochas magmáticas: pelo magma e gases ígneos da terra ou em correntes de lava vulcânica.
  • Rochas metamórficas: formados pela nova cristalização de alguns minerais existentes,em grande pressão e temperatura.
  • Rochas sedimentares: se cristalizam de soluções aquosas.
Cristal é um agregado de milhões de átomos formando um retículo específico. Esse padrão se repete em várias direções e quantidades formando o "mapa" geométrico do cristal.
Se o cristal for quebrado, cada pequena partícula apresentará essa mesma "arrumação", mesmo se reduzido a pó. Essa é a forma de se identificar um cristal.
Gema é uma rocha bonita, atraente, ornamental.
As gemas conquistaram o homem desde o início dos tempos. E poderia ser diferente?
Uma das primeiras a ser utilizada foi o âmbar, talvez por ser muito mole.
Foi aplicada, assim como outras, mais adiante, em objetos de adorno, talismãs, objetos de poder, etc.
A seguir ressaltam-se o lápis lazuli, turquesa, ametista, jade, coral, pérola, cristal e várias outras.
Com o passar do tempo surgiram as imitações. Devido ao alto valor que adquiriram aguçaram a ganância do homem.
Mas o homem foi mais longe e criou tecnologia para sintetizar materiais e produzir, em laboratórios, gemas idênticas às naturais.
As gemas se dividem em várias categorias:
  • Gemas inorgânicas: aquelas que não são produzidas por seres vivos. Ex: quartzo, rubi, diamante, ametista, turmalina, etc        
  • Gemas orgânicas: ao contrário da categoria anterior, essas gemas são produzidas por seres vivos, plantas ou animais. Ex: pérola, azeviche, coral, âmbar, marfim.                                
  • Gemas sintéticas: a atração do homem pelas gemas é tanta que era inevitável o desejo de produzi-las artificialmente, imitando a natureza. As primeiras gemas sintéticas começaram a surgir no século passado, e daí em diante as técnicas foram se aperfeiçoando. A gema sintética possui as mesmas características da sua correspondente natural.
  • Gemas reconstituídas: são obtidas através da junção de minúsculos fragmentos de uma gema. Obtém-se assim um "bloco de gema" possível de ser lapidado. Essa técnica é muito utilizada com a turquesa.      
  • Gemas compostas: Formadas por mais de uma gema. Podem ser:  
Doublet: 2 peças presas entre si por cimento ou fusão;
Triplet: 2 partes de uma gema incolor cimentadas com substância colorida.                                           
A intenção desse procedimento é fortalecer uma gema frágil ou alterar a aparência da mesma.                                                  
A gema composta é chamada falsa quando nenhuma das partes é composta pela gema designada. É verdadeira quando as duas partes são da gema intitulada. Também poderá ser semi-genuína quando apenas uma das partes é da gema especificada, a outra parte é de outra gema.            

Nenhum comentário:

Postar um comentário