Seguidores

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Alexandrita

Alexandrita

>> Familia(s) : crisoberilos, oxidos
Descobrir em foto :

  • Alexandrita do Sri Lanka verde em luz natural
  • Alexandrita do Sri Lanka vermelha em luz incandescente
  • Alexandrita do Sri Lanka vermelha em luz incandescente
  • Cristal geminado de alexandrita de Novello na Rodésia, iluminação natural
  • Cristal geminado de alexandrita de Novello na Rodésia - iluminação incandescente
  • Geminado de cristais de alexandrita de Oural na Russia
  • Alexandrita do Sri Lanka talha trilhão
  • Inclusões do tipo liquido sob forma de véu
A variedade de crisoberilo a mais rara carrega o nome do futuro Tsar Alexandre II pois ela foi descoberta no Oural, em 1930, dia da sua maior idade e suas 2 cores: o verde e o vermelho eram as cores imerialis.
Ela é chamada também de "pedra camaleão" ou ainda "bela do dia, bela da noite".
Suas cores mudam conforme a luz que a clareia : verde, certas vezes azulada na luz do dia, vermelha violetada (vermelho framboesa para as mais raras e belas) sob luz artificial assim como na luz incandecente. Ela é uma gema unica e misteriosa, uma verdadeira curiosidade. Essa mudança de cor sendo tão acentuada numa gema espessa. Essa variação de cor é função da origem da gema e é consequência do cromo.
Somente o diamante e os corindons (rubi, safira) têm dureza superior à ela, o que a torna uma pedra ideal para a joalheria. a variedade chatoyante "olho de gato" devido às inclusões é também muito cotada. Podendo se confundir com granadas que mudam de cor.

Local de extração

As mais belas alexandritas foram exploradas na Russia numa jazida de Oural, às margens do rio Takavaïa, que produzia também esperaldas. Hoje, encontra-se belos cristais no Sri-Lanka onde um enorme cristal foi extraido em 1876, no Zimbabwe, no Brasil, na Birmânia, nos Estados Unidos, na India, na Tanzânia e na Tasmânia.

Utilização em joalheria

As variedades puras e claras são lapidadas em facetas, ja as que possuem inclusões, em cabochão.
Ela é uma das gemas mais procuradas atualmente, as pedras proporcionam uma mudança muito nitida de cor, são raras e atingem preços elevadissimos. As da Russia são consideradas como sendo a mudança de cor mais acentuada.
O preço das belas alexandritas, puras e com uma bela mudança de cor, podem atingir o preço de um diamante do mesmo tamanho.
Os cabochões "olho de gato" com mudanças de cor são também muito procurados e, se passam de 4 quilates, o preço é muito alto.
A alexandrita é a pedra de aniversario de 55 anos de casamento.

Cuidado e precaução no cotidiano

Gema bastante resistente e facil manutenção. Ela é resistente ao calor e aos acidos

Gemas aproximativas

Litoterapia cultural e historica

Ela seria a pedra do equilibrio entre a força e a justiça, o poder e humildade, a agressividade e a doçura. Ela convém aos homens politicos; aos homens de negocios…lhes garantindo o sucesso, evitando-lhes os falsos passos.
Seu desempenho de equilibrio interviria ao nivel da circulação das energias entre o chakra coronal e o chakra racina.
Ela equilibraria tanto o fisico e o mental, criando um clima de serenidade facilitando as relações harmoniosas.

Imitações e tratamentos

Alexandrita sintética existe desde 1972, mas é cara a produção. Por outro lado, inumeras imitações são de corindons sintéticos, espinélios sintéticos. Ela é também imitada com dubletes de camadas de granada vermelho e fundo de vidro verde.As alexandritas sintéticas e os corindons sintéticos são fortemente fluorescentes em vermelho. A maioria das falsas alexandritas são corindons sintéticos.

Pedras historicas e legendas

A Smithsonian Institution em Washington conserva a maior alexandrita jamais encontrada de 66 quilates. Outras amostras historicas de grande qualidade estão conservadas no museu de Moscou, sejam cristais brutos ou lapidados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário