Seguidores

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Chocolate, História do Chocolate

Chocolate, História do Chocolate

Chocolate, História do Chocolate

#Chocolate, História do ChocolateChocolate - termo de origem náuatle - é uma pasta obtida pela mescla de açúcar e cacau moído, em geral tostado, e em seu preparo entram também a canela e a baunilha, que lhe reforçam o sabor. Tem elevado teor de carboidratos, o que o torna um alimento energético. É também estimulante, pois na composição do cacau entram substâncias ativadoras como a teobromina e a cafeína.

Alimento muito apreciado por seu sabor e pelo valor nutritivo, o chocolate propagou-se por todo o mundo e é consumido em forma de bebida, barras e tabletes ou como ingrediente de muitos artigos de confeitaria.

Foram os espanhóis que introduziram o chocolate na Europa, depois de familiarizarem-se com ele durante a conquista do México. Os astecas eram efetivamente grandes consumidores de uma bebida meio amarga, preparada com a fervura em água da pasta resultante da moagem de grãos de cacau tostados junto com diversos condimentos, mel e farinha de milho. Para atenuar o amargor, os colonizadores acrescentaram açúcar e foi assim que seu uso se difundiu na Espanha. Diz-se que a elaboração do chocolate foi mantida em segredo durante quase um século, pelo que a bebida só se tornou conhecida no resto da Europa em meados do século XVII.

Em 1700, os ingleses descobriram que o chocolate ficava ainda mais saboroso se preparado com leite, o que contribuiu para difundir o produto. Mais tarde generalizou-se o costume de consumi-lo em tabletes e assim se estabeleceu uma importante indústria, que produz com ele toda sorte de doces e bombons.

Nenhum comentário:

Postar um comentário