Seguidores

quinta-feira, 9 de março de 2017

10 mitos sobre o corpo feminino que já foram tidos como verdades e hoje são hilários

10 mitos sobre o corpo feminino que já foram tidos como verdades e hoje são hilários

  8 de março de 2017 por Karen Batista
Se você acredita que atualmente o corpo feminino é mitificado como nunca antes, saiba que você está bastante enganado! Hoje em dia é comum nos depararmos com padrões, ou pseudo-verdades, que nos são impostas, e que ditam que o corpo de uma mulher deve ser assim ou assado.
Mas não são apenas os padrões estéticos surreais que incomodaram as mulheres do passado. Muitas eram as crendices populares, que resultavam em algum tipo de repressão. A sensação que podemos presenciar após ler cada um desses fatos, é que se levou tempo demais, até todos perceberem que o corpo de uma mulher, pertence exclusivamente a ela mesma.
Pensando exatamente nisso, nós aqui da Fatos, copilamos esses 10 mitos sobre o corpo feminino que já foram tidos como verdades, e hoje se revelam como o absurdo cômico, que realmente é. Confira!

1- Acreditava-se que que o útero poderia passear pelo corpo

Hipócrates é considerado um dos “pais da medicina”, e ele acreditava seriamente que o útero feminino era capaz de literalmente passear pelo corpo da mulher que o possuía.
Para ele, tudo isso acontecia de maneira involuntária, e por esse motivo, a mulher não teria controle de onde o seu órgão estaria a cada momento.

2- Mulheres não podiam olhar para coisas feias durante a gravidez, porque acreditavam que o bebê nasceria feio caso isso acontecesse

Sabe qual era o segredo, que os antigos guardavam para gerar bons e belos filhos? Não permitir que uma grávida olhasse para coisas feias, para que desse modo, a criança não nascesse desprovido de beleza. Mas ainda bem que existe a genética, e consequentemente as grávidas não precisam andar com seus olhos vendados por aí.

3- Acreditava-se que uma mulher menstruada poderia gerar a destruição natural das coisas

Para o romano Plínio, uma mulher era capaz de destruir tudo a sua volta, quando esta se encontrava no seu período menstrual. Para ele, a colheita seria ruim, assim como a produção de vinagre, ou o desenvolvimento de frutas, caso no local, existisse uma mulher menstruada. Ainda bem que ele não estava correto, não é mesmo?

4- “ As mulheres são homens que deram errado”

Aristóteles é reconhecido como um dos maiores pensadores da história. Mas até mesmo ele, teve seus desvios e enganos.
Aristóteles acreditava que as mulheres biologicamente falando, eram “homens deformados”. Essa concepção sobre equivocada sobre gêneros, fez com que o pensador também considerasse as mulheres como seres muito inferiores em relação aos “homens de fato”.
Ou seja, em algum momento da história, as pessoas chegaram a acreditar que as mulheres nada mais eram do que homens, mal desenvolvidos. Dá para acreditar?

5- Acreditavam que uma mulher poderia ficar estéril caso lesse demais

Edward Hammond Clarke, foi um professor e autor que lecionou na Universidade Harvard, em um de seus textos, Edward fez a seguinte constatação: “ Uma mulher não pode lidar com a educação, elas devem ser proibidas de ler um livro por mais de 4 horas por dia, caso contrário ela correrá o risco de infertilidade e irritabilidade”.
E acredite você ou não, durante o século 18, a leitura para as mulheres chegou a realmente ser proibida, em alguns lugares do mundo.

6- A menopausa era considerada um distúrbio mental

Existem registros de mulheres que tentaram tratar os efeitos da menopausa, mas foram diagnosticadas como portadoras de uma espécie de distúrbio mental. Para tentar solucionar a situação, elas foram submetidas a perigosos banhos químicos.

7- Acreditava-se que as mulheres possuíam menos dentes do que os homens

Bom, ainda nos perguntamos, no porquê de ninguém ter simplesmente contado! Mas Aristóteles também acreditava que as mulheres possuíam naturalmente menos dentes do que os homens.

8- “ Os seios servem para serem admirados e também esquentar o coração”

Henri De Mondeville, foi médico real na França no século XIV, em uma carta direcionada ao seu rei, ele afirmou que os seios das mulheres eram “colocados ondem estavam” para que os homens pudessem observa-los facilmente, e também para manter o coração quente e forte”.
Mas será mesmo, que ele nunca viu uma mãe amamentando?

9- “ O corpo de uma virgem pode restaurar a juventude e a saúde de um homem”

Os shunamitism são os homens que dormem ao lado de uma virgem, em seu sentido literal, por acreditar que o corpo e presença dessa, será capaz de restaurar a sua saúde e juventude.
Essa prática surgiu a partir da história bíblica do Rei Davi, que ao ser julgado muito velho para conseguir aquecer seu próprio corpo, ordenou que seus servos encontrassem uma jovem virgem para dormir ao seu lado, com o objetivo de restaura-lo.

10- Vaginas tem dentes

Provavelmente você já ouviu falar no mito das “ vaginas dentadas”. No passado, os homens realmente acreditavam que as vaginas eram capazes de desenvolver dentes, mas onde foi que surgiu, e porque esse mito surgiu, ainda são perguntas sem respostas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário