Seguidores

sábado, 4 de março de 2017

AMETISTA

AMETISTA


Ametista
A ametista é uma pedra semipreciosa, da família do quartzo, cuja coloração varia do violeta-claro ao violeta-acinzentado, e é facilmente confundida pelo leigo com o berilo, a fluorita, o vidro sintético, o topázio e a turmalina. Quimicamente, é constituída por dióxido de silício e traços de óxido de ferro e manganês, considerados responsáveis pela coloração característica exibida por essa pedra.

Mencionada no Êxodo como uma das doze gemas que adornavam o peitoral das vestes sacerdotais de Aarão, a ametista era considerada, pelos povos antigos, um amuleto contra a embriaguez.

Quando aquecida a temperatura na faixa de 470 a 750o C, a ametista pode adquirir coloração amarelo-clara ou vermelho-acastanhada, ou ainda tornar-se incolor. Muitos dos falsos topázios ou citrinos do comércio são assim obtidos. Em alguns casos o aquecimento provoca uma mudança para a cor verde. A tonalidade original pode ser recuperada por meio da irradiação com raios X.

No passado a Rússia foi a fonte mais importante de ametistas, mas seu valor caiu muito, em conseqüência da descoberta de jazidas no Brasil (Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Bahia) e no Uruguai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário