Seguidores

quinta-feira, 9 de março de 2017

Descubra: de quem é o rosto nas notas de Real?

Descubra: de quem é o rosto nas notas de Real?

DINHEIRO VIVO

Apesar de não vermos esse rosto o tanto quanto desejamos ele esta sempre ali impresso em nossas notas, mas você sabe quem é?

De quem será esse rosto?
De quem será esse rosto?
O Brasil já alterou por várias vezes a sua moeda, a primeira de todas foi o réis, seguido pelo cruzeiro, cruzeiro novo, cruzado, cruzado novo e finalmente o Real, que foi adotado em 01 de julho de 1994, durante o mandato do presidente Itamar Franco, sob o comando de Fernando Henrique Cardoso, até então ministro da fazenda.
Além de fazer referência ao “Réis” (primeira moeda brasileira), o nome “Real” foi escolhido principalmente por trazer um sentido de realidade, ou seja, uma moeda que demonstra o real valor da unidade.
As notas do real possuem no seu reverso imagens de animais característicos da fauna brasileira – o beija-flor nas extintas notas de 1, a tartaruga nas de 2, a arara nas de 10, o mico leão dourado nas de 20, a onça nas notas de 50 e o peixe nas cobiçadas notas de 100. Mas, o que realmente chama atenção é o rosto impresso no anverso da nossa nota, você sabe quem é?
Para começar, esse rosto é de um mulher e de acordo com o Banco Central, trata-se de um ilustração que representa a república. A imagem é baseada no quadro “A Liberdade Guiando o Povo”, do francês Eugêne Delacroix, que comemora à Revolução de Julho de 1830, nele a liberdade é apresentada na forma de uma mulher. Nas nossas notas, ela foi interpretada sob a forma de uma escultura.
A rosto é baseado na mulher do quadro "A Liberdade Guiando o Povo"
A rosto é baseado na mulher do quadro “A Liberdade Guiando o Povo”
Além de ser utilizada no quadro de Delacroix, a mulher é conhecida também como Marianne, um dos símbolos da maçonaria. Os maçons tiveram uma participação fundamental durante a Revolução Francesa, tanto que o lema desse acontecimento, “Liberdade, Igualdade, Fraternidade”, é compartilhado pela organização.
O principal objetivo da revolução era conquistar a liberdade, já que só tendo ela era possível alcançar a igualdade ou a fraternidade. Isso fez com que os franceses começassem a utilizar a figura de uma mulher para representar esse princípio. Além disso, acredita-se que o nome Marianne tenha surgido a partir da contração de outros dois nomes bem comuns entre as mulheres francesas da época, Marie e Anne.
O mesmo rosto é utilizado na estátua da liberdade em Nova York
O mesmo rosto é utilizado na Estátua da Liberdade em Nova York
A imagem da mesma mulher é utilizada também na Estátua da Liberdade – localizada em Nova York. Caso você não saiba, a Estátua da Liberdade foi um presenta da França aos EUA em comemoração ao centenário da assinatura da Declaração da Independência. O escultor francês responsável pela estátua foi Frédréric Auguste Bartholdi que também era maçon, e fez questão de representar a versão maçônica de Marianne.

Nenhum comentário:

Postar um comentário