Seguidores

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Opala australiana muito rara é manchete em todo o mundo

Opala australiana muito rara é manchete em todo o mundo


Uma opala australiana dita como extremamente rara tem atraído a atenção da mídia mundial no período que antecedeu a sua primeira aparição pública.
Embora a pedra preciosa, que foi apelidada de a "Virgem do arco-íris", tenha sido descoberta há mais de uma década, entrou recentemente no centro das atenções após o museu  "South Australian Museum"  anunciar que ela seria a peça central de sua próxima exposição de opalas.
A gema com 6 cm de comprimento e 72 quilates foi encontrada em setembro de 2003 por  John Dunstan na mina Folly de Frank em Coober Pedy, South Australia. Dunstan a segunda geração de mineradores do local.
Segundo ele, a "Virgem do arco-íris"  era a melhor espécime que havia encontrado em seus 28 anos de mineração de opala, acrescentando - "é a pedra mais rara a sair de Coober Pedy".
O diretor do museu Brian Oldman mantém essa crença, afirmando: "Não só é a melhor gema encontrada em Coober Pedy, mas é também a melhor qualidade opalised fóssil desenterrada em qualquer outro lugar até à data."
Dunstan acrescentou que a "Virgem do arco-íris" é composta de um cristal preto de opala extremamente raro - "É, realmente brilha no escuro", explicou. "A menor quantidade de luz mostra o seu blrilho."
O museu adquiriu a "Virgem do arco-íris"  de Dunstan em 2013. Enquanto Oldman não quis revelar o preço pago, comentou que dois avaliadores independentes acreditavam que a gema foi valiada a peça em $ 1 milhão (um milhão de dolares).
Notícias no Reino Unido, Estados Unidos e China referem-se a gema como a melhor opala já descoberta, a mais bela opala do mundo e a melhor opala do mundo.
Comentando sobre a movimentação da mídia, Dunstan disse: "A quantidade de publicidade que essa gema tem gerado é inacreditável. Eu acho que realmente isso está acontecendo para levantar o perfil da opala na Austrália. "
Dunstan dirige uma loja de varejo em Coober Pedy que vende opalas brutas e lapidadas para joias. Ele disse que os preços das opalas tinham mais do que duplicado nos últimos dois anos, observando que a demanda veio principalmente da China e da Índia, mas que o mercado norte-americano também estava começando a mostrar interesse nas pedras preciosas nacionais da Austrália.

Nenhum comentário:

Postar um comentário