Seguidores

quinta-feira, 25 de maio de 2017

China fecha única mina de carvão no mar para cortar capacidade

China fecha única mina de carvão no mar para cortar capacidade


A China fechará em outubro, após mais de 30 anos, a única mina de carvão marinha do país, em meio aos esforços para eliminar o excesso de capacidade. A mina de carvão Beizao, da mineradora Shandong, fica a cinco quilômetros da costa em Longkou, na Província de Shandong (leste). O poço chega a 350 metros debaixo do mar.
Li Gongjian, gerente da mina, disse na sexta-feira que o fechamento é parte da ação nacional para eliminar gradualmente o excesso de capacidade produtiva. O custo da mineração no mar é três vezes mais do que terrestre. Ele disse que a mina marinha, que cobre uma área de 18 quilômetros quadrados, produzia até 8 milhões de toneladas de carvão. A mina marinha, com reservas provadas de 1,29 bilhão de toneladas, fez a China se tornar o quinto país a ter tecnologia de exploração no mar.
Quando a jazida começou a operar, o país precisava muito de energia, e os depósitos em terra não eram suficientes para a mineradora atender à demanda do mercado crescente. É difícil chegar ao poço. Os mineiros descem 180 metros de elevador e percorrem 20 minutos de trem. O fechamento deixará 1.580 trabalhadores desempregados. A companhia ofereceu-lhes outras posições. A companhia manterá e arquivará a tecnologia e experiência de mineração no mar, pois esta exige uma tecnologia de segurança sofisticada, inclusive para evitar inundação.
Fonte: CRIonline – Xinhua

Nenhum comentário:

Postar um comentário