Seguidores

sábado, 13 de maio de 2017

Como achar um filão de ouro?

Como achar um filão de ouro?


1-procurar as grotas pequenas, nas cabeceiras que deram muito ouro;
2-levantar essas grotas com a ajuda de quem mais conhece-las e com GPS
3- Colocar todas essas informações num mapa dando importância a direção das grotas; por exemplo, se uma grota cortou um filão o atravessando, ela vai ficar enriquecida quando atravessar o filão. Aí o ouro vai ser mais grosso e vai ter mais; abaixo ele vai afinar e diminuir a produção; mas quando uma grota esta dando grosso e rica de cabo a rabo, é que ela esta seguindo o filão; ai vai se saber em que margem pagou mais, o da esquerda ou o da direita; assim com todas essas informações captadas da inteligência dos garimpeiros, deduz-se que há uma fonte primária com os seus derrames de uma direção e um comprimento definido.

Mas não se tocou ainda nesta fonte; só esta se imaginando mais ou menos onde ela esta, e a imprecisão é só de algumas centenas de metros; e também só sabemos mais ou menos do que ela é feita; se há muito cascalho manso de quartzo, é que ela é de filões ou casqueiros, se há pedras de gossan vermelhas no cascalho, estamos com a possibilidade de um gossan
Para definir a posição deste corpo primário, temos que fazer uma malha de bateia no solo na escala de 200 x 40 m, esse sistema é extremamente eficaz na prospecção de ouro, permitindo que o andamento da pesquisa seja orientado a cada dia, já que os resultados são obtidos de imediato no campo.
Lava-se o solo retirado com uma draga do tipo de fincar as estacas de fazenda e lava-se a terra com extremo cuidado; o segredo é na observação do fundo da bateia, conferindo os fagulhos e vendo o tamanho deles comparados a uma tabela de pintas;
Mais se aproxima da fonte primária, o ouro vai engrossando e vai ter mais fagulhos. Assim vira uma caça. O resultado da véspera indica onde ir amanhã; detalha-se até chegar onde tem bastante fagulhos e grossos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário