Seguidores

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Duas novas minas prometem modernizar a extração de materiais valiosos no Pará

Duas novas minas prometem modernizar a extração de materiais valiosos no Pará


Reportagem de VEJA desta semana mostrou como, na região norte do Brasil, no estado do Pará, no meio da Floresta Amazônica, dois projetos de mineração chamam atenção nacional e internacional. O S11D, da Vale, maior mineradora do país e a oitava maior do mundo, entrou em operação no fim do ano passado e deve atingir a capacidade máxima de produção de ferro em 2020. O que a consagrará como a principal de seu segmento em todo o mundo. Já o projeto Volta Grande, da empresa canadense Belo Sun, ainda não tem uma máquina sequer ligada para por em pé a estrutura que extrairá ouro da região. Isso pela companhia enfrentar ações na Justiça que suspenderam suas atividades, impedindo o início das obras. As duas minas prometem dar nova — e melhor — cara à mineração, que até hoje era conhecida pelas condições horríveis que tinham de ser enfrentadas pelos trabalhadores, no garimpo, e pela destruição ambiental. Contudo, também podem, ao repetir erros do passado, causar impactos sociais e ambientais irreversíveis e injustificáveis.
Fonte: Veja

Nenhum comentário:

Postar um comentário