Seguidores

domingo, 21 de maio de 2017

Garimpo de ouro ilegal é descoberto no Rio Itapemirim em Jerônimo Monteiro

Garimpo de ouro ilegal é descoberto no Rio Itapemirim em Jerônimo Monteiro

Quatro pessoas que trabalhavam na extração fugiram ao perceber a chegada da Polícia Ambiental ao local. A ação caracteriza dois crimes, com pena de detenção e multa






A balsa equipamentos típicos para a utilização em extração de ouro foi localizada no rio Itapemirim, no interior de Jerônimo Monteiro
A balsa equipamentos típicos para a utilização em extração de ouro foi localizada no rio Itapemirim, no interior de Jerônimo Monteiro
Foto: ​Divulgação/PMA
Na última quinta-feira (4), policiais da 4ª Companhia da Polícia Militar Ambiental, flagraram uma extração irregular de ouro no leito do rio Itapemirim, na localidade de Santa Maria do Norte, em Jerônimo Monteiro. Quatro pessoas que estavam acampadas e trabalhavam no local fugiram com a chegada dos militares. Eles não foram localizados.
Segundo a Polícia Ambiental, foi preciso vários incursões em matas e plantações nas margens do rio, até que a balsa com equipamentos típicos para a utilização em extração de ouro fossem localizada. Foram apreendidos diversos materiais, como motor para sucção da areia do leito do rio, mangotes, compressor, cinto de mergulho e diversos outros equipamentos necessários para a mineração.
De acordo com o capitão Reinaldo Faria, que comandou a ação, a ação ocorreu após denúncias anônimas. “Há fortes indícios da lavra de ouro na região, haja vista a existência de equipamentos destinados especificamente para essa atividade, como uma bateia, recipiente que serve para a separação do ouro dos demais minerais”, explica.
Todos os materiais apreendidos foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal na manhã desta sexta-feira (5), já que, além do crime ambiental, existe o crime de usurpação de bem da União, que consiste na mineração sem autorização do Departamento Nacional de Produção Mineral. A pena prevista para os crimes é de detenção e multa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário