Seguidores

quarta-feira, 31 de maio de 2017

O que é o Fordismo

Fordismo


O que é o Fordismo

O Fordismo é uma técnica de produção criada por Henry Ford no ano de 1909. Essa técnica tinha o intuito de aumentar a produção de carros fazendo com que as ferramentas e os veículos para produção chegassem até os trabalhadores através de uma esteira, fazendo com que os trabalhadores focassem o seu tempo apenas no trabalho. Ford fez isso com a otimização de processos e linhas de produção.
Com a implantação dessa técnica, a indústria automotiva da época se consolidou com a diminuição do preço final dos carros, e além disso a margem de lucro dos patrões aumentaram.

Características do Fordismo
– Diminuição de custo, otimização do tempo e aumento da produção (e aumento do consumo do que é produzido);
– Funcionários limitados a uma única tarefa, executando trabalhos repetitivos;
– Controle e regulação do trabalhos dos funcionários através da esteira rolante;
– Criação de um padrão de trabalho e tornar a produção automática.
O Fordismo é derivado do capitalismo, e é importante saber que o Fordismo não foi empregado apenas nas indústrias de Henry Ford, mas serviu como um modelo para muitas grandes empresas que produziam coisas em larga escala, no Estados Unidos e no mundo.
A mão de obra empregada nas fábricas com o sistema fordista não exigia uma formação elevada: eram pessoas comuns capazes de reproduzirem os mesmos movimentos durante toda a sua jornada de trabalho. Esse sistema não se preocupava com a saúde e a qualidade de vida de seus funcionários, além dos operadores não terem a visão do produto final que por suas mãos passavam.
Esse modo de produção foi muito importante na Revolução Industrial
Após quase setenta anos em evidência, o fordismo começou a entrar em declínio, quando os asiáticos começaram criar um novo sistema de produção baseado no fordismo, porém com algumas características melhoradas.
Fordismo
Operários numa fábrica da Ford

Nenhum comentário:

Postar um comentário