Seguidores

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Opala estará presente em jóias e bijuterias cariocas

Opala estará presente em jóias e bijuterias cariocas


25/05/2017 23:25h                                     

A Opala é uma pedra ainda pouco conhecida pelos brasileiros, a mesma é encontrada na cidade de Pedro II no Estado do Piauí e a partir de agora, estará presente nas jóias e bijuterias cariocas, isso, nas próximas coleções. Uma parceria foi firmada pela Associação dos Joalheiros e Relojoeiros do Estado do Rio (AJORIO) com a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN) que reuniu lapidadoras de Pedro II, a 195 quilômetros de Teresina, onde fica a maior mina exploratória dessa pedra preciosa no Brasil, com designers do Rio de Janeiro, visando expandir a troca de experiências entre os mais diversos mercados nacionais.

O encontro aconteceu entre os dias 17 e 21 de maio e contou com a presença de empresários e representantes de ateliês e do varejo do setor de jóias do Rio de Janeiro. Para a diretora executiva da AJORIO, este encontro com os joalheiros de Pedro II não poderia ter sido melhor. “Em tempos de crise, encontrar novas inspirações para criar e expandir vendas, é um privilégio, e essa foi uma excelente oportunidade”, destacou a diretora sobre a riqueza de conhecimentos obtidos, tanto nas explicações sobre as nuances obtidas da pedra, como propriamente a visitação in loco dos pontos de garimpo.

Hoje, o garimpo em Pedro II é totalmente legalizado e concentra cerca de 100 garimpeiros reunidos em cooperativa local, apoiada pela associação que integra os 25 joalheiros locais. A opala é uma gema preciosa que irradia cores das mais variadas tonalidades. O município de Pedro II é um dos dois locais no mundo onde é encontrada a opala de alta qualidade, que tanto encantou designers.


O empresário Juscelino Souza destacou como sendo muito valiosa a vinda dos empresários do Rio de Janeiro a Pedro II, para ele novas portas no mundo do negócio se abrem. “A gente conseguiu aqui, vinte novos clientes para os nossos produtos e o Rio de Janeiro em termo de mercado joalheiro no Brasil é a principal porta que a gente precisa abrir e o ponta pé inicial já foi dado e esta talvez seja a primeira de muitas outras visitas que eles nos façam em termo de negócios”, comentou Juscelino.



A secretária Municipal de Turismo de Pedro II, Rejanete Campelo, acompanhou os empresários cariocas durante encontro e jantar realizado com empresários pedrossegundenses, na ocasião, Rejanete, aproveitou para enriquecer o encontro com suas opiniões e esclarecimentos sobre o município de Pedro II, a mesma avalia como sendo muito proveitosa esta parceria dos joalheiros de Pedro II com os joalheiros do Rio de Janeiro. “Esse também é um meio de valorizar a nossa opala e fazer circular mais dinheiro em nosso município, aos poucos a nossa principal riqueza vai sendo cada vez mais explorada e consequentemente vai trazer mais recursos para nós pedrossegundenses”, frisa a secretária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário