Seguidores

sexta-feira, 2 de junho de 2017

75 anos: Gerações que constroem a história da Vale

75 anos: Gerações que constroem a história da Vale


No dia 3 de junho de 1942, nas páginas dos jornais nacionais ocupadas em sua maioria com notícias da Segunda Guerra Mundial, tinha uma em especial que destoava do assunto do momento: a construção, dois dias antes, de uma nova mineradora no país. Era a pequena Companhia Vale do Rio Doce, que nascia com um capital de 200 mil contos de réis. A empresa cresceu, amadureceu e, passados 75 anos, se tornou a segunda maior mineradora do mundo.​
Fazem parte da construção dessa promissora história as diversas gerações que passaram pela empresa ao longo desses 75 anos. Pois é, a Vale está presente na história de muitas famílias, que estão há várias gerações trabalhando na mineradora. Conheça algumas delas:
Rodrigo Nunes Oliveira passou a infância e adolescência vendo o seu pai,Sebastião Nunes de Oliveira, trabalhando como maquinista da Estrada de Ferro Vitória Minas (EFVM). Seguindo seus passos, ele entrou para a empresa em 2008, ainda como estagiário, na Vale em Belo Horizonte. Atualmente Rodrigo é analista e Suprimentos no Complexo Carajás, no Pará, e se orgulha disso: “Coleciono nove anos de paixão por essa empresa”.
Yasmin Campos guarda lembranças da Vale durante a sua infância: “Lembro das visitas da família, concurso de cartinhas no dia dos pais (ganhei um inclusive) e festas de final de ano da empresa”. Seu pai, Edson Lopes, foi técnico em mecânica na empresa, enquanto ela é programadora de logística.
Fonte: Vale

   

Nenhum comentário:

Postar um comentário