Seguidores

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Índice de blue-chips da China atinge máxima de 18 meses, mas vendas afetam confiança

Índice de blue-chips da China atinge máxima de 18 meses, mas vendas afetam confiança

quinta-feira, 22 de junho de 2017


  ]

XANGAI/CINGAPURA (Reuters) - As blue-chips a China ampliaram os ganhos nesta quinta-feira e chegaram a nova máxima de 18 meses diante da animação com a decisão do MSCI de incluir as ações do país em seu índice, mas a maior parte dos ganhos foi devolvida no final do dia com os investidores realizando lucros e a fraqueza nas empresas menores afetando a confiança. O índice de Xangai teve queda de 0,29 por cento. Já o índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,06 por cento. Entretanto, o interesse em blue-chips enfraqueceu a demanda pelas ações pequenas, que já haviam caído com força. O índice de start-up ChiNext recuou 1,4 por cento. Investidores continuaram a ser atraídos por ações que potencialmente irão se beneficiar da inclusão no Índice de Mercados Emergentes do MSCI. A maioria do restante dos mercados da região apresentou ganhos. O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha alta de 0,41 por cento às 7:01 (horário de Brasília). . Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,14 por cento, a 20.110 pontos. . Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,08 por cento, a 25.674 pontos. . Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,29 por cento, a 3.147 pontos. . O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,06 por cento, a 3.590 pontos. . Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,54 por cento, a 2.370 pontos. . Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,48 por cento, a 10.399 pontos. . Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,43 por cento, a 3.215 pontos. . Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,71 por cento, a 5.705 pontos. (Reportagem de Luoyan Liu, John Ruwitch e Nichola Saminather)

Nenhum comentário:

Postar um comentário