Seguidores

quinta-feira, 6 de julho de 2017

6 cristais com poderes que parecem mágicos

Não, estes cristais não vão te ajudar a fazer feitiços, macumbas ou qualquer coisa do gênero - mas eles têm poderes (muito bem explicados pela ciência, obrigado) impressionantes. Confira:
Fluorita - capaz de ter qualquer cor
Talvez o mineral mais colorido do mundo, com algumas rochas que possuem colorações múltiplas. Mas o engraçado é que a fluorita pura é transparente. Como assim? A cor de um cristal muda de acordo com a forma com que a luz interage com seus elementos. Ou seja, qualquer impureza pode alterar a cor aparente da fluorita (íons de manganês, por exemplo, podem deixá-la laranja).
fluorita (Foto: wikimedia commons)
Selenita - os cristais gigantes
No norte do México está a Cueva de Los Cristales, a casa dos maiores cristais conhecidos do planeta. As pedras, que podem medir até 11 metros de comprimento e um metro de largura, foram descobertas em 2000 por dois irmãos que estavam escavando novos túneis na mina de Naica (que possui reservas de prata e zinco). Como a estrutura estava cheia de água, foi só quando ela foi drenada que os cristais foram descobertos.
a caverna de cristais (Foto: wikimedia commons)
Espato da Islândia - a pedra do sol viking
Você já assistiu à série "Vikings"? Lembra da 'pedra do sol' que Ragnar usa para navegar e encontrar outras terras? Ela realmente existe e foi usada pelo pessoal da Escandinávia para localizar o Sol e conseguir navegar mesmo em dias nublados. Uma variação da calcita, ela 'dobra' a luz em duas quantidades diferentes, produzindo imagens duplas. Essa propriedade, chamada de Birrefringência, é causada porque a força que mantém os átomos do cristal juntos é mais forte em alguns pontos. Como isso ajudou os vikings? Movendo a pedra para frente e para fora do campo de visão de uma pessoa faz com que ela veja um padrão de pontos duplos que se alinha com a posição do Sol.
pedra dos vikings (Foto: wikimedia commons)
Quartzo
Se você espremer um cristal de quartzo, ele gera uma pequena corrente elétrica. Energia? Magia? Não: a pressão na superfície do cristal faz com que seus íons se movam, modificando o equilíbrio da carga do cristal e o transformando em uma pequena bateria, com lados de cargas opostas (pólos negativo e positivo). Alguns relógios usam pequenos pedaços de quartzo como osciladores para marcar o tempo. A eletricidade da bateria do relógio faz com que o cristal oscile várias vezes por segundo - e circuitos do relógio convertem essa vibração em uma batida por segundo.
   (Foto: wikimedia commons)
Galena
Tem a incrível habilidade de extrair música e vozes de ondas de rádio! Por isso ela foi responsável pela grande revolução do rádio no início do século vinte. O cristal é considerado um semicondutor (conduz eletricidade, mas apenas em certas circunstâncias) e, por isso, é usado em combinação com metais para converter ondas de rádio em um sinal elétrico capaz de ser transformado em som por alto-falantes.
  (Foto: wikimedia commons)
Cristais de carbono extraterrestres
O material mais duro encontrado naturalmente na Terra é o diamante - e ele é usado para cortar, furar e polir outros materiais. Mas dois novos tipos de cristais de carbono extremamente duros foram encontrados em um meteorito (que, por sua vez, foi encontrado na Finlândia, em 2010). O meteorito Haverö caiu na terra em 1971 e, nele, cientistas acharam duas novas formas de carbono que haviam sido previstas na ciência, mas nunca encontradas na natureza. Pesquisadores acreditam que ele se formou por causa do choque e do calor intenso ao qual o meteorito foi exposto quando caiu na Terra.
Fonte: BBC
Saiba mais na BBC

Nenhum comentário:

Postar um comentário