Seguidores

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Ouro fecha em alta, após declarações de Yellen na Câmara dos EUA

O ouro fechou pela terceira vez consecutiva em território positivo nesta quarta-feira, 12, após declarações da presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Janet Yellen, sinalizarem uma abordagem cautelosa no gradual aperto monetário nos Estados Unidos.

O ouro para agosto fechou em alta de US$ 4,40 (0,36%), a US$ 1.219,10 a onça-troy, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

Em depoimento na Câmara dos Representantes dos EUA, Yellen reiterou planos de uma elevação de juros “gradual”, mas disse que as taxas não devem subir muito para atingirem o nível neutro.

“Ela acredita que as taxas de juros estão próximas da normalização”, afirmou Peter Hug, diretor global de negociações da Kitco Metals, um sinal de que o aperto monetário pode envolver menos altas que o especulado por alguns.

O ouro não paga retorno e tem dificuldade para competir com ativos que o fazem, quando os juros sobem.

Hug avalia que o foco do Fed deve estar mais na normalização do balanço que na elevação dos juros agora, mas operadores ainda buscam sinais sobre a trajetória do aperto monetário. Fonte: Dow Jones Newswires
Fonte: Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário