Seguidores

sábado, 4 de agosto de 2018

Magnésio tão bom quanto os remédios para ansiedade e depressão

Magnésio tão bom quanto os remédios para ansiedade e depressão


Nuvem-negra
Magnésio, um mineral particularmente importante para o nosso corpo que pode agir positivamente no sistema nervoso e no cérebro. Uma recente pesquisa destacou as vantagens desta substância no combate à depressão. 
Milhões de pessoas no mundo inteiro sofrem de depressão, considerada a doença do futuro, que tem muitos efeitos e implicações negativas na vida social e emocional das pessoas por ela afetadas.
Um estudo publicado na Plos One mostra que uma simples suplementação com magnésio poderia ser eficaz (e segura) no tratamento da depressão ligeira à moderada.
Emily Tarleton da University of Vermont's Clinical Research Center, chefe desta pequisa, juntamente com seus colegas realizou um estudo clínico envolvendo 126 pacientes adultos nos Estados Unidos (idade média de 52 anos). Os participantes foram divididos em dois grupos: ao primeiro foi aconselhado a tomar comprimidos de magnésio por via oral para o tratamento da depressão moderada (especificamente o comprimido era de 248 mg de cloreto de magnésio para ser tomado todos os dias durante seis semanas; o segundo grupo serviu como grupo de controle, ao qual não fora prescrito nenhum tratamento.
As avaliações dos sintomas da depressão eram realizadas em todos os participantes a cada duas semanas. Os resultados obtidos mostraram que o magnésio se mostrou seguro, eficaz e comparável aos tratamentos farmacológicos que são comumente prescritos nesses casos. 
De fato, a análise dos dados mostrou que em 112 participantes a ingestão de magnésio produziu uma melhora clinicamente significativa nos sintomas da depressão e da ansiedade, independentemente da idade, sexo ou outros fatores.
O suplemento, entre outras coisas, foi bem tolerado pelos participantes.
"Este é o primeiro ensaio clínico randomizado que examinou o efeito da suplementação de magnésio sobre os sintomas de depressão em adultos nos EUA. Os resultados são muito encorajadores, dada a grande necessidade de outras opções para o tratamento da depressão e a nossa descoberta de que a suplementação com magnésio fornece uma alternativa segura, rápida e econômica para controlar os sintomas depressivos". disse a Dra. Tarleton.
Agora resta entender se estes resultados seriam os mesmos em uma amostra maior de pessoas e mais diversificada da população. Portanto, mais estudos são necessários para confirmar a capacidade do magnésio em tratar os sintomas da depressão. Entretanto, podemos aumentar as doses diárias deste mineral, colocando na
mesa mais frequentemente alimentos ricos em magnésio ou, seguindo o conselho de um especialista, para tomar um suplemento deste mineral quando ocorrerem os primeiros sintomas da ansiedade ou depressão. 
Vale lembrar também que os poderosos benefícios nutricionais do magnésio também irão beneficiar a saúde cardiovascular, renal, óssea e muito mais.
Alimentos ricos em magnésio são o chocolate amargo, as sementes e frutas secas (sementes de abóbora, de gergelim, de linhaça, castanha-do-pará, amêndoas, amendoim, etc) as leguminosas (feijão, soja, lentilha, ervilha, grão-de-bico, etc), os grãos integrais (arroz, aveia, etc) as algas, o espinafre, o abacate, a banana, entre outros.

Fonte: Seleções

Nenhum comentário:

Postar um comentário