Seguidores

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

ALEXANDRITA


3 – ALEXANDRITA
A gema alexandrita (Foto 11e 12), descoberta nos Montes Urais (Rússia), foi batizada em homenagem ao Czar Alexandre II que no dia da descoberta completava 12 anos de idade.
 
Foto 8: Alexandrita lapidada. Antônio Dias, MG Foto 9: Cristal de alexandrita. Antônio Dias, MG
No Brasil esta gema foi descoberta na década de 70 em pequenos garimpos no Espírito Santo e Bahia. Pórem a produção se revelou pequena e de baixa qualidade.
Em Minas Gerais, a primeira descoberta aconteceu em 1975, no Córrego do Fogo, município de Malacacheta e em 1986 foi descoberta a que seria a maior jazida já registrada na história, no distrito de Hematita, no município de Antônio Dias. Atualmente essa área é explotada por duas empresas: Alexandrita Mineração Comércio e Exportação Ltda, detentora da maior jazida de alexandrita do mundo, com uma reserva de aproximadamente 60kg e a Mineração Itaitinga.
Além dessas duas jazidas, existem outras ocorrências de alexandrita, pórem sem importância econônica associadas às jazidas de esmeralda, como em Belmont, Capoeirana e Esmeralda de Ferros.
3.1 - Principais Jazidas:
Brasil, Sri Lanka, Zimbáue, Birmânia, Madagascar, Tanzânia e Russia (esgotadas).
Para que ocorra a cristalização da alexandrita, além do excesso de alumínio e deficiência em sílica é necessária a presença de uma fonte de cromo. Na grande maioria das ocorrências de alexandrita no mundo, são descritos processos geológicos envolvendo rochas ácidas e ultramáficas em ambientes ricos em alumínio (Munasinghe & Dissanayake 1981, Ustinov & Chizhik 1994).
Na jazida de Hematita, observam-se inúmeros pequenos corpos pegmatóides cortando as rochas ultramáficas da região, e, nos concentrados aluvionares, constata-se a presença de cianita, granada, berilo (esmeralda e água-marinha), crisoberilo, estaurolita, muscovita, plagioclásio, e quartzo. Desse modo, a jazida de Hematita enquadra-se no modelo de Beus (1966) de pegmatitos ricos em Al2O3.
Relacionando os aspectos geológicos observados na região de Malacacheta, com a presença de corpos graníticos e intercalações de rocha metaultramáfica com xisto peraluminoso, Basílio (1999) propôs uma gênese baseada num sistema metassomático envolvendo fluidos hidrotermais de alta temperatura, ricos em berilo e oriundos do corpo granítico. A interação desses fluidos com os xistos aluminosos e suas intercalações metaultramáficas, fonte de cromo, propiciaram a formação da alexandrita.
Em relação às ocorrências de alexandrita associadas às jazidas de esmeralda, pouco se sabe.
A cor, a mudança de cor (efeito alexandrita) e o forte pleocroísmo são fatores determinantes na qualidade da alexandrita.
3.2 - Aspéctos Mineralógicos:
Sob a luz natural, a alexandrita apresenta-se verde ou mais raramente azul (foto 13) e quando iluminada por luz incandescente, mostra-se em tons de vermelho e violeta.
Seu intenso tricroísmo é caracterizado, variando nas cores verde, amarelo, vermelho e, mais raramente, azul. Assim como no rubi e na esmeralda, sua cor é resultante da presença de íons   substituindo parte parte do alumínio nas posições octaédricas da estrutura cristalina.
Dureza 8,5; clivagem boa; fratura conchoidal;brilho vítreo ao subadamantino;mudança de cor; pleocroísmo
Foto 10: Alexandrita azul. Antônio Dias, MG
Quanto a explotação o método usado é igual ao método da esmeralda
PREÇOS DE ALEXANDRITAS LAPIDADAS
Cotações por quilate em dólares americanos
Fraca (Terceira)
Média (Segunda)
Boa (Primeira)
Excelente (Extra)
até 0,50 ct
15 – 150
150 - 500
500 - 1500
1500 - 2000
de 0,50 a 1 ct
40 – 250
250 - 1000
1000 - 3000
3000 - 4500
de 1 a 2 ct
70 – 500
500 - 2800
2800 - 5500
5500 - 7000
de 2 a 3 ct
90 – 800
800 - 3800
3800 - 6500
6500 - 9000
Atualizado em outubro de 2005

52 comentários:

  1. Respostas
    1. DIRETO COM DONO: 100KG DE PEDRA DE ALEXANDRITA: TOTAL DE $120 MILHOES.


      MEU SKYPE: ADFXCAPITAL

      Excluir
    2. Tenho cliente querendo 80 kilos.
      Quero ser o autorizado na venda de alexandritas e outros tipos se possuir

      Excluir
    3. Tenho alexandrita bruta, turmalinas, ametistas. Envio fotos por e-mail. Grato.

      Excluir
    4. Hahahaha...Sr Admin perde toda credibilidade falando assim. 100kg por 120milhões.
      O senhor leu a matéria?

      "Alexandrita Mineração Comércio e Exportação Ltda, detentora da maior jazida de alexandrita do mundo, com uma reserva de aproximadamente 60kg e a Mineração Itaitinga"

      Tsc tsc...vc ñ é trabalhador de minas, mas adora ser chamado de PICARETA!

      Excluir
    5. tenho alexandrita bruta e lapidada ,dumontoia@gmail.com,tenho boa quantidade.

      Excluir
    6. tenho uma boa quantidade de alexandrita p negociaçao.com laudo de portugal e espanha.meu contato,klebersq@gmail.com

      Excluir
    7. Ola , tenho em minhas mãos já selecionadas 550(quinhentos e cinquenta) Kilates de alexandrita bruta com excelente troca de cor verde para o vermelho no valor de $250,00 dólares o kilate totalizando $137.500,00 (cento e trinta e sete mil e quinhentos dólares),também 1,5 KG (um kilo e meio) ou 7500 kilates de menor valor agregado devido ao tamanho ainda assim lapidáveis no valor de $600.000,00 dólares o lote . Para venda ou negocio de meu interesse. Grato ,desde ja .

      Excluir
    8. Olá, Nando. Gentileza enviar foto para riojoalherias@gmail.com

      Excluir
    9. Tenho uma boa quantidade de Alexandrita de ótima qualidade... Com laudo. atte. Eduardo

      Excluir
    10. allexandercunha@hotmail.com
      Somente ofertas serias...
      Otima mercadoria

      Excluir
    11. Tenho três imóveis no Rio de Janeiro para permutar por alexandrita e /ou rubi. 2 prédios: um comercial no Centro do RJ c/ 3.000m2 e outro comercial / residencial (1ª locação) em Niterói - RJ, + uma luxuosíssima residência c/ 570m2 e vista livre e deslumbrante para o mar. Procuro pessoas sérias para não perder meu tempo. marcossefarad@hotmail.com

      Excluir
    12. Bom dia, Onde consigo algum comprador de alexandrita bruta?

      Excluir
    13. eu to querendo comprar com alta qualidade

      Excluir
  2. Caçadores de esmeraldas






    Montanhas de beleza rara, vales que parecem não ter fim, rios que se espremem nos corredores de pedras. O conjunto de monumentos impressionantes foi criado pela natureza há 400 milhões de anos, quando a Terra ainda era criança. No coração da Bahia, as águas do inverno saltam dos pontos mais altos do Nordeste. Um espetáculo exuberante. A Queda d'Água da Fumaça, de quase 400 metros, parece que começa nas nuvens.
    Na Chapada Diamantina, a trilha das águas mostra o caminho das pedras. Pedras preciosas, que contam a história de muitos aventureiros. Carnaíba, norte da chapada. O vilarejo com cara de cidade atrai milhares de garimpeiros. As serras da região concentram a maior reserva de esmeralda do Brasil.

    O empresário Alcides Araújo vive perseguindo a sorte há mais de 20 anos. Ele é um dos grandes investidores na extração da valiosa pedra verde. Alcides diz que ainda não encontrou a sorte grande. Do garimpo dele só saíram pedras de segunda. Mesmo assim não dá para reclamar.

    "Já ganhei um dinheiro razoável no garimpo, produzi quase quatro mil quilos. Se tivesse essas pedras hoje, valeria R$ 300, R$ 200 o grama. Já ganhei mais de R$ 3 milhões", revela o empresário.

    Boa parte desse dinheiro está enterrada na jazida que Alcides explora. O Globo Repórter foi ver como os garimpeiros vão atrás da esmeralda. Uma aventura que requer, além de sorte, muita coragem.







    Na maior mina da região, a equipe foi a 280 metros de profundidade. Para chegar lá embaixo, o equipamento é um cinto de borracha conhecido como cavalo. Confira esse desafio em vídeo.
    Os garimpeiros são mesmo corajosos. No abismo dos garimpos, a vida anda por um fio. O operador da máquina que faz descer e subir o cabo-de-aço não pode vacilar. A água que cai do teto vem do lençol freático que o túnel corta. Parece uma viagem ao centro da Terra. Mas será que vale mesmo a pena correr tanto risco?

    Foram quase seis minutos só de descida. Seis minutos de arrepios. A 280 metros a equipe chegou a um corredor estreito. No rastro da esmeralda, os garimpeiros abrem quilômetros de galerias. Calor, pouco ar, oito, dez horas por dia no estranho mundo subterrâneo. Esses homens vivem como tatus-humanos.

    Alegria mesmo é quando o verde começa a surgir na rocha. Sinal de que pode estar por perto o que eles tanto procuram. É preciso detonar a rocha para ver se é mesmo esmeralda. O desejo de enriquecer é mais forte que o medo do perigo. Sem nenhuma segurança, eles enchem com dinamite os buracos abertos pela perfuratriz.

    “Costumamos fazer até quatro detonações por dia. A cada detonação, são disparados de dez a quinze tiros", conta o fiscal de garimpo Klebson de Araújo.

    Muita pedra desceu do teto da galeria. O trabalho agora era levar tudo lá para cima e examinar direito as pedras. E o dono do garimpo? Será que ele confia nos seus garimpeiros?

    "Eles encontram e a gente fiscaliza. Se facilitar uma coisinha, eles botam dentro do bolso”, diz o garimpeiro Manoel.

    “Tem várias formas de levar. Uns dizem que estão com sede, pedem uma melancia para chupar. Partem um pedacinho, colocam as pedrinhas lá dentro e levam a melancia”, denuncia Alcides.




    Escondida ou não, esmeralda na mão é dinheiro no bolso. Nos fins de semana, a praça principal da cidade de Campo Formoso vira um mercado movimentado de pedras preciosas.

    ResponderExcluir
  3. EXPLORAÇÃO - A mineração de água-marinha e de scheelita volta a ser praticada em escalaA exploração de água-marinha, pedra preciosa de grande interesse do mercado mundial de jóias, é retomada no Rio Grande do Norte 20 anos após as principais jazidas deixarem de produzir. A retomada ocorre no município de Tenente Ananias, na região Oeste potiguar, na divisa com o estado da Paraíba. Cerca de 200 trabalhadores voltam ao antigo garimpo, símbolo de riqueza até 1986, em uma área onde estão as melhores águas-marinhas do país.

    A pedra é uma variedade azulada do berilo. O projeto de reativação do garimpo de Tenente Ananias, desenvolvido pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico (Sedec), será implantado no próximo mês a partir da instalação de 40 banquetas que custaram R$ 337 mil. O coordenador de recursos minerais da Sedec, o geólogo Otacílio Oziel de Carvalho, afirma que o mais importante é retomar a atividade. No segundo momento, quando os trabalhadores estiverem estimulados, é que os órgãos governamentais ligados ao setor devem iniciar as adequações.

    Otacílio de Carvalho diz que não se pode falar em valores, nem comparar uma pedra de água-marinha a outras classificadas como preciosas, porque cada uma tem suas particularidades e interesses de mercado. Mas citou como exemplo uma única pedra extraída do garimpo de Tenente Ananias, apenas na fase de limpeza da área para iniciar os trabalhos, comercializada por R$ 6 mil.

    O projeto de revitalização do garimpo de água-marinha prevê além da reativação das banquetas, a legalização das áreas de exploração e a compra de equipamentos e material de consumo utilizado na exploração. Para Juciê da Rocha Formiga, garimpeiro há mais de 30 anos e presidente da Associação de Garimpeiros de Tenente Ananias, o incentivo governamental é fundamental para a organização dos trabalhadores locais.

    O secretário de Desenvolvimento Econômico, Thiago Simas, afirma que há outros projetos em fase de elaboração com foco para outros municípios, mas na área de mineração. Para o coordenador de Recursos Minerais da SEDEC, Otacílio Oziel, a reativação da exploração de água marinha em Tenente Ananias vai além da recuperação da sua principal vocação econômica, pois é como "Terra da Água Marinha" que o município é conhecido no Brasil e no mundo. A participação entre as pessoas envolvidas na exploração do garimpo de tenente Ananias ocorre da seguinte forma: 10% de tudo que é produzido e comercializado fica com o proprietário da terra onde está a jazida; 50% com os trabalhadores que exploram e 40% com a Associação.

    ResponderExcluir
  4. http://belohorizonte.olx.com.br/esmeralda-bruta-na-rocha-matriz-oportunidade-iid-623665502

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Tenho um lote de alexandritas para venda. Interessados entrar em contato pelos telefones e e-mail abaixo:

    Alvaro Galvão - Telefones: 86-9982-9233(tim) / 86-8141-5200(vivo) / 86-8856-0455(oi) / e-mail: nordesteagro@gmail.com.
    whatsapp: 86-9982-9233

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr. Alvaro, você consegiu vender as suas pedras??

      Excluir
  7. tenho 250kg de alexandrita: selmarsc@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. Respostas
    1. Ola , tenho em minhas mãos já selecionadas 550(quinhentos e cinquenta) Kilates de alexandrita bruta com excelente troca de cor verde para o vermelho no valor de $250,00 dólares o kilate totalizando $137.500,00 (cento e trinta e sete mil e quinhentos dólares),também 1,5 KG (um kilo e meio) ou 7500 kilates de menor valor agregado devido ao tamanho ainda assim lapidáveis no valor de $600.000,00 dólares o lote . Para venda ou negocio de meu interesse. Grato ,desde ja .nando-frois@hotmail.com

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Tenho 5kg de alexadrita azul pavão (75)998835233

      Excluir
  9. tenho 15 kg de alexandrita bruta que tiver de interesse
    Fone 11-9-8617-7960 (TIM)
    Falar com Júlio Ferreira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Julio boa tarde... Tenho 1kg de Aexandrita, com laudo... VoCê conseguiu vender as suas???

      Excluir
  10. Olá, não custa nada tentar, mas tenho moinho de manotecnologia que pode explorar as riquezas dos minerais extraindo o máximo dessas minas. A extração pode ser feita via seca ou úmida, com mesh de 325 com alta qualidade no processo. É aplicável para todos os minerais, inclusive alexandrita que possui alta dureza, temos larga experiencia no assunto,pois com bactericita já produzimos, que as durezas são muito parecidas. Se houver interesse podem entra em contato pelo e-mail gilson@tksindustria.com.br ou pelo telefone 16-3942-2022.

    ResponderExcluir
  11. tenho Alexandrita de primeira e quero vender
    contato por email: meusonho.hoje@gmail.com (São Paulo)

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde, tenho material para vender de alexandrita aceito proposta mande para o e-mail andrejrvcm@hotmail.com

    ResponderExcluir
  13. Tenho três imóveis no Rio de Janeiro para permutar por pedras lapidadas (alexandrita e /ou rubi). São 2 prédios: um comercial no Centro do RJ c/ 3.000m2 e outro comercial / residencial (1ª locação) em Niterói - RJ + uma luxuosíssima residência c/ 570m2 e vista livre e deslumbrante para o mar. Procuro pessoas sérias para não perder meu tempo. marcossefarad@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou a disposição para negociação. Seguem meus contatos.
      Fernando Loureiro.imoveis@gmail.com
      71 991709101 Tim e zap

      Excluir
    2. Estou a disposição para negociação. Seguem meus contatos.
      Fernando Loureiro.imoveis@gmail.com
      71 991709101 Tim e zap

      Excluir
  14. bom dia tenho 800 quilos de esmeralda bruta pra vender .valdenialima123456@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, qual o preço e a qualidade das pedras? Obrigado

      Excluir
    2. Marcos bom dia vc teria comprador para alenxandrita com laudo

      Excluir
    3. Bom dia, chama no whats 6192563060, sei de alguém que possa pagar, desde que seja de boa qualidade, desde já agradeço feliz natal

      Excluir
  15. Boa Tarde! Tenho um lote (30kg) de Alexandrita Bruta para negociar. Pedras provenientes de Antonio Dias (MG). Dispenso curiosos. Visitas somente com carta de intenção de negociação. Contato elenora.bohrer@gmail.com

    ResponderExcluir
  16. Olá temos uma gema bruta de alexandritas natural com peso 1.502 kg com laudo de avaliação no mercado nacional e internacional aceitamos uma cota dos valores em dinheiro e outra cota em bem móveis e imóveis . Mediante avaliação comercial do mesmo . interessados enviar mensagem para trevo Mcr@gmail.com

    ResponderExcluir
  17. Sres. Tenho lote de 5 kilos ou seja 25.000 kilates de Alexandrita para venda,( Excelente Material) com laudos, notas fical, interessados ligar (13) 98867.0034 /

    ResponderExcluir
  18. Tenho um lote de alexandrita de média para boa qualidade. Um bom lote de opala fogo e tbm opala pavão..

    ResponderExcluir
  19. Tenho 2 kilos de alexandrita boa
    20 da media
    Opala de fogo,opala negra, opala pana de pavao! Enteressados entrar em contato grupo.brasil2010@hotmail.com wpp19 987198339

    ResponderExcluir
  20. Boa tarde pessoal tenho 6 Kilos de Alexandrita se alguém interessar em comprar entre em contato email Valdecirsetelagoas@gmail.com

    ResponderExcluir
  21. Boa tarde tendo esmeralda bruta e lapidada se alguém interessar entre em contato email Valdecirsetelagoas@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Preciso de muita pedras para Permuta de imóveis.

      Excluir
  22. Tenho Alexandritas para trocar por imoveis e terrenos areas permuta 100% todas com laudo documentadas ... temos muitas e lapidadas tbm
    Whats 11983034272 Wanderley
    osascoimoveis@gmail.com

    ResponderExcluir
  23. 920 GRAMAS DE ALEXANDRITAS E 1 RUBI SANGUE DE POMBO 67 KILATES PARA VENDA OU PERMUTA EM IMÓVEIS NO DF E ENTORNO,PERMUTA EM 100% DO VALOR. PEDRAS COM LAUDO.
    CONTATO: gellycris@gmail.com
    whatsap: 61-99268-7925

    https://alexandritaspermuta.blogspot.com.br/2017/01/lote-de-920-gramas-de-alexandritas.html

    ResponderExcluir
  24. Tenho 2 quilos de esmeralda, 2 quilos de rubi e 2 quilos de alexandrita, todas naturais e nao lapidadas. Vendo pela melhor oferta. Gil whats 51 99500 0259

    ResponderExcluir
  25. tenho Alexandritas e Esmeraldas, todos com laudo, ter acima de .8 otimas para joalherias whats 11-983034272 wanderley

    ResponderExcluir
  26. Boa tarde, tenho Alexandrita e Rubis em grande lotes para venda ou troca em Imóveis e Áreas, as mesmas todas documentas todas dentro da regularidade. caso alguem tenha interesse entrar em contato pelo e-mail henriquem74@gmail.com

    ResponderExcluir
  27. Vendo DOIS KILOS de ALEXANDRITA natural, bruta. Com LAUDO, segue padrões NACIONAIS e INTERNACIONAIS sob as normas da DNPM. Vendo também lotes de Água Marinha bruta e lapidada, Turmalina Paraíba, entre outras, tenho catálogo e detalhes para os interessados.
    Entre em contato pelo e-mail bruno3f@hotmail.com

    Att;
    Bruno Fernandes

    ResponderExcluir