Seguidores

sábado, 31 de maio de 2014

História de Poxoréu - GARIMPO DE DIAMANTE

História de Poxoréu
Saiba mais sobre o surgimento da cidade de Poxoréu



Por João Carlos Vicente Ferreira
Júlio Rocha
Morro da Mesa em Poxoréu
As origens de Poxoréo são garimpeiras. No fim do século XIX, garimpeiros procuravam infrutiferamente diamantes nas cabeceiras do Rio São Lourenço. Mas a 24 de junho de 1924, João Arenas Teixeira dirigiu-se à Fazenda Firmeza, de Antonio Barcelos, a fim de formar uma expedição ao Rio São Lourenço. Com Pedro José, José Pacífico, Antonio Diamantino, Rueda, Francisco Louzada, Félix Abadie e mais um companheiro foram examinando os cascalhos indicadores de diamante, as formas no jargão garimpeiro.

A região, já bem conhecida, apresentava rios ainda sem nomes. O primeiro diamante foi encontrado no dia 29 de junho e por isso deram o nome de São Pedro ao córrego. A notícia do diamante se espalhou e a região dos córregos São Paulo, Pombas, Sete, São Pedro sentiu a corrida garimpeira. A corrutela maior foi a de São Pedro.

Em 1927 ocorreu incêndio desolador em São Pedro e os garimpeiros mudaram-se para o sopé do Morro da Mesa, a 30 quilômetros da região explorada até então, às margens do Rio Poxoréu. Assentaram-se os começos de Poxoréu.

A primeira denominação do lugar foi Morro da Mesa, em referência ao exuberante morro que tem a forma de mesa talhada em arenito triássico. Posteriormente o nome foi alterado para Poxoréu. A denominação, de certa forma, foi uma homenagem ao povo boróro.

Poxoréo tornou-se lugar de referência na região, ponto de escala de avião na rota Cuiabá-Goiás. O município de Poxoréo foi criado em 05 de março de 1939, através dos Decretos-Lei nº 145 e nº 208.

Inicialmente dizia-se Poxorêu, com pronúncia fechada. No entanto, o povo habituou-se com a pronúncia aberta Poxoréu. Mais tarde, um estudo de numerologia, executado a pedido do prefeito Lindberg Nunes Rocha, em seu segundo mandato, determinou a mudança da grafia para Poxoréo, através da Lei Municipal nº 01, de 7 de julho de 1968.

English - HISTORY

Júlio Rocha
Centro de Poxoréo
The origins of Poxoréo are prospecting. In the late nineteenth century, miners tried unsuccessfully diamonds in the headwaters of the St. Lawrence River. But the June 24, 1924, John Arenas Teixeira went to the Farm Confidence, Antonio Braga, in order to form an expedition to the St. Lawrence River. With Peter Joseph, Pacific, Antonio Diamantino, Rueda, Francisco Louzada, Felix Abadie and another companion were examining the cuttings indicators diamond shapes in the jargon sourdough.

The region, already well known, rivers still had no names. The first diamond was found on June 29 and therefore gave the name of St. Peter the stream. The news has spread and the diamond region of streams Sao Paulo, Doves, Seven, St. Peter felt the rush prospectors. The higher the corrutela of St. Peter.

In 1927 devastating fire occurred in St. Peter and the miners moved to the foot of the Morro da Mesa, 30 km from the region explored so far, the banks of the Poxoréu. They became the beginnings of Poxoréu.

The first name of the place was Morro da Mesa, in reference to the lush hill that is shaped table carved in sandstone Triassic. Later the name was changed to Poxoréu. The name, in a sense, was a tribute to the people Bororo.

Poxoréo became a place of reference in the region, a stopover point for aircraft in the Cuiabá-São Paulo route. The municipality of Poxoréo was created on March 05, 1939, through Decree-Law No. 145 and No. 208.

Initially it was said Poxoréu, pronounced closed. However, the people got used to the accent Poxoréu open. Later, a study of numerology, performed at the request of Mayor Lindberg Nunes Rocha, in his second term determined to change the spelling of Poxoréo through the Municipal Law No. 01 of 7 July 1968.

Español - HISTORIA
As origens de Poxoréo são garimpeiras. No fim do século XIX, garimpeiros procuravam infrutiferamente diamantes nas cabeceiras do Rio São Lourenço. Mas a 24 de junho de 1924, João Arenas Teixeira dirigiu-se à Fazenda Firmeza, de Antonio Barcelos, a fim de formar uma expedição ao Rio São Lourenço. Com Pedro José, José Pacífico, Antonio Diamantino, Rueda, Francisco Louzada, Félix Abadie e mais um companheiro foram examinando os cascalhos indicadores de diamante, as formas no jargão garimpeiro. A região, já bem conhecida, apresentava rios ainda sem nomes. O primeiro diamante foi encontrado no dia 29 de junho e por isso deram o nome de São Pedro ao córrego. A notícia do diamante se espalhou e a região dos córregos São Paulo, Pombas, Sete, São Pedro sentiu a corrida garimpeira. A corrutela maior foi a de São Pedro. Em 1927 ocorreu incêndio desolador em São Pedro e os garimpeiros mudaram-se para o sopé do Morro da Mesa, a 30 quilômetros da região explorada até então, às margens do Rio Poxoréu. Assentaram-se os começos de Poxoréu. A primeira denominação do lugar foi Morro da Mesa, em referência ao exuberante morro que tem a forma de mesa talhada em arenito triássico. Posteriormente o nome foi alterado para Poxoréu. A denominação, de certa forma, foi uma homenagem ao povo boróro. Poxoréo tornou-se lugar de referência na região, ponto de escala de avião na rota Cuiabá-Goiás. O município de Poxoréo foi criado em 05 de março de 1939, através dos Decretos-Lei nº 145 e nº 208. Inicialmente dizia-se Poxorêu, com pronúncia fechada. No entanto, o povo habituou-se com a pronúncia aberta Poxoréu. Mais tarde, um estudo de numerologia, executado a pedido do prefeito Lindberg Nunes Rocha, em seu segundo mandato, determinou a mudança da grafia para Poxoréo, através da Lei Municipal nº 01, de 7 de julho de 1968. The origins of Poxoréo are prospecting. In the late nineteenth century, miners tried unsuccessfully diamonds in the headwaters of the St. Lawrence River. But the June 24, 1924, John Arenas Teixeira went to the Farm Confidence, Antonio Braga, in order to form an expedition to the St. Lawrence River. With Peter Joseph, Pacific, Antonio Diamantino, Rueda, Francisco Louzada, Felix Abadie and another companion were examining the cuttings indicators diamond shapes in the jargon sourdough. The region, already well known, rivers still had no names. The first diamond was found on June 29 and therefore gave the name of St. Peter the stream. The news has spread and the diamond region of streams Sao Paulo, Doves, Seven, St. Peter felt the rush prospectors. The higher the corrutela of St. Peter. In 1927 devastating fire occurred in St. Peter and the miners moved to the foot of the Morro da Mesa, 30 km from the region explored so far, the banks of the Poxoréu. They became the beginnings of Poxoréu. The first name of the place was Morro da Mesa, in reference to the lush hill that is shaped table carved in sandstone Triassic. Later the name was changed to Poxoréu. The name, in a sense, was a tribute to the people Bororo. Poxoréo became a place of reference in the region, a stopover point for aircraft in the Cuiabá-São Paulo route. The municipality of Poxoréo was created on March 05, 1939, through Decree-Law No. 145 and No. 208. Initially it was said Poxoréu, pronounced closed. However, the people got used to the accent Poxoréu open. Later, a study of numerology, performed at the request of Mayor Lindberg Nunes Rocha, in his second term determined to change the spelling of Poxoréo through the Municipal Law No. 01 of 7 July 1968.
Los orígenes de la Poxoréo son la prospección. En el siglo XIX, los mineros intentaron sin éxito, los diamantes en las cabeceras del río San Lorenzo. Sin embargo, el junio 24, 1924, Juan Arenas Teixeira fue a la granja de confianza, Antonio Braga, a fin de formar una expedición al río San Lorenzo. Con Peter Joseph, el Pacífico, Antonio Diamantino, Rueda, Francisco Louzada, Félix Abadie y otro compañero estaban examinando los indicadores de recortes de las formas de diamantes en la jerga de masa fermentada.

La región, ya bien conocida, los ríos aún no tenía nombre. El primer diamante fue encontrado el 29 de junio, por lo que le dio el nombre de San Pedro el arroyo. La noticia se ha extendido y la región de diamantes de los flujos de Sao Paulo, Doves, Siete, San Pedro sintió los buscadores de punta. Cuanto mayor sea el Corrutela de San Pedro.

En 1927 devastador incendio ocurrido en San Pedro y los mineros se trasladó a los pies del Morro da Mesa, a 30 km de la región explorada hasta la fecha, los bancos de la Poxoréu. Se convirtieron en los inicios de la Poxoréu.

El primer nombre del lugar era el Morro da Mesa, en referencia a la colina de exuberante que tiene la forma de mesa tallado en piedra arenisca del Triásico. Más tarde, el nombre fue cambiado a Poxoréu. El nombre, en cierto sentido, fue un homenaje a los Bororo people.

Poxoréo se convirtió en un lugar de referencia en la región, un punto de escala para los aviones en la ruta Cuiabá-São Paulo. El municipio de Poxoréo se creó en marzo 05, 1939, mediante el Decreto-Ley No. 145 y No. 208.

Inicialmente se dijo Poxoréu, pronunciado cerrado. Sin embargo, la gente se acostumbró al acento Poxoréu abierto. Más tarde, un estudio de la numerología, realizado a petición del alcalde Lindberg Nunes Rocha, en su segundo período determinado a cambiar la ortografía de Poxoréo a través de la Ley municipal N º 01, de 7 de julio de 1968.

Nenhum comentário:

Postar um comentário