Seguidores

domingo, 28 de dezembro de 2014

Vale brilha menos e recebe grau BBB

Vale brilha menos e recebe grau BBB




A mineradora que um dia foi a segunda maior do mundo tem hoje um valor de mercado de US$42 bilhões.

O crescimento da Vale nos últimos quatro anos, mesmo quando o minério de ferro estava em ascendência, é negativo. As ações da empresa, que hoje valem $18 eram negociadas por $52 em janeiro de 2011. Uma queda de 65%.

É uma história de horror que trouxe enormes prejuízos para seus acionistas.

Hoje a Morningstar colocou a Vale no nível de crédito BBB. Isto significa, ao investidor, que a empresa já apresenta um risco moderado de não conseguir pagar os seus débitos.

Para uma empresa que já esteve no topo esse nível de risco, considerado por muitos como próximo de junk, é mais um fator para afugentar investidores.

Mesmo com todos esses problemas a Vale, uma empresa multinacional de capital aberto listada nas bolsas internacionais, sem consultar aos seus acionistas, agiu de forma estranha e foi uma das maiores doadoras da campanha de Dilma, junto com as suspeitíssimas  Andrade Gutierrez, Queiroz Galvão, Odebrecht, OAS e Camargo Correia que hoje são acusadas na operação Lava a Jato.

Algo a ser considerado ou apenas mais um ato de mau gerenciamento do dinheiro dos acionistas?

Nenhum comentário:

Postar um comentário