Seguidores

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

DIAMANTES FAMOSOS Parte I

DIAMANTES FAMOSOS Parte I


História, perfeição e dimensão são alguns dos fatores que serviram para transformar alguns diamantes em jóias excepcionais e místicas:
  • Diamante Tiffany , 128, 5 quilates - Este célebre diamante é considerado como um amuleto para a famosa maisonnorte-americana. Encontrado nas minas do Cabo da Boa Esperança (atualmente Kimberley) através da prospecção da Companie Française des Mines de Diamants na forma de um octaedro de 287,42 quilates, em 1877 ou 1878, foi enviado á Paris para ser lapidado, trabalho que demandou um ano de estudos da gema. O resultado é um magnífico trabalho de lapidação com 82 facetas que destacam a cor amarela do diamante. O diamante é peça principal da jóiaBird on a Rock , criada pelo designer francês Jean Schlumberger e faz parte da Coleção Tiffany & Co.
  • Belo Sancy, 35 quilates – Menos conhecido do que o diamante Sancy, ou Grande Sancy, que se encontra no Museu do Louvre, o Belo Sancy (também chamado de Pequeno Sancy) é uma gema excepcional, por sua história. O diamante apareceu em registros, pela primeira vez, em 1595, quando o Seigneur de Sancy, Nicolas Harlay de Sancy, futuro Ministro das Finanças do rei francês Henrique IV, o coloca à venda. Em 1604 ele é finalmente comprado pela rainha Maria de Médicis por uma soma de 25.000 escudos de ouro, apesar de ter sido estimado pelo dobro deste valor. A rainha o porta na sua coroa. Em 1642, após a morte de Maria de Médicis, suas jóias são postas à venda e o Belo Sancyé comprado por Frederico-Henrique de Orange Nassau, príncipe holandês. Em 1702, a gema passa, por herança, a Frederico II de Hohenzollern, primeiro rei da Prússia. O diamante, qualificado de "belo" em razão da perfeição de sua lapidação, faz parte até hoje da família Hohenzollern , na Alemanha.
  • O Incomparável, 407,48 quilates – A gema foi encontrada na República Democrática do Congo na década de 80 do século passado. Depois de quatro anos de trabalho, os profissionais encarregados da lapidação finalmente decidiram remover as partes que continham impurezas e, assim, obter um diamante menor, mas perfeito. O Incomparável, oficialmente, é o terceiro maior diamante conhecido no mundo e pertence à companhia ZALE Corporation, dirigida pelo diamantário nova-iorquino Marvin Samuels. O maior diamante do mundo , classificado na mesma categoria de cor do Incomparável, a champagne, é o Golden Jubileeque pesa 545,67 quilates e embeleza o cetro do rei da Tailândia.
  • Mouna, 112,53 quilates – Este diamante, cujo nome vem de sua antiga proprietária, Mouna Ayob, é, dentre as gemas de grande talhe, um dos diamantes amarelos de cor mais intensa que existem. Sua maravilhosa coloração é de um intenso amarelo-alaranjado, foi montada em jóia pelamaison Bulgari e faz parte de uma coleção privada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário