Seguidores

segunda-feira, 27 de março de 2017

Fabio Schvartsman, da Klabin, será o novo presidente da Vale

Fabio Schvartsman, da Klabin, será o novo presidente da Vale
SÃO PAULO/SP-BRASIL,07/05/2012 - Fabio schvartsman presidente da Klabin da Entrega do premio Valor economico 2012.(Foto: Zanone Fraissat - Folhapress / MONICA BERGAMO)***EXCLUSIVO***
Fabio Schvartsman, novo presidente-executivo da Vale




O diretor-geral da Klabin, Fabio Schvartsman, 65, foi eleito para substituir Murilo Ferreira na presidência da Vale a partir de maio.
O nome foi escolhido com apoio da consultoria Spencer Stuart e foi aprovado pelos acionistas da mineradora em reunião nesta segunda (27).
No fim de fevereiro, Ferreira anunciou que ficaria no cargo até 26 de maio, quando vence o seu mandato.
Schvartsman tem graduação e pós-graduação em engenharia de produção pela Poli-USP, além de pós-graduação em administração de empresas pela FGV.
Ele foi presidente da companhia de perfuração San Antonio Internacional e da Telemar Participações. Foi também diretor financeiro na Ultrapar, do Grupo Ultra, e teve cargos de chefia na Duratex.
No Ultra, comandou o processo de abertura de capital.
Como presidente-executivo da Vale, terá como principal missão tocar o processo de pulverização do controle da companhia, anunciado em fevereiro.
Com o objetivo de permitir a entrada da mineradora no Novo Mercado da Bovespa, espécie de selo de governança, os acionistas da Vale desenvolveram um plano que elimina o bloco de controle, hoje formado pelo Bradesco e por fundos de pensão.
Pelo acordo, um único investidor poderá ter, no máximo, 25% do capital —-hoje, os controladores têm 53,88% das ações com direito a voto.
A informação sobre a escolha de Schvartsman foi antecipada pelo jornal "O Estado de S. Paulo". As ações da empresa fecharam o dia em alta de 2,49% (as preferenciais, sem direito da voto) e 1,34% (as ordinárias).
Em nota divulgada após o fechamento do mercado, a Vale disse que Schvartsman "foi eleito pelo conselho de administração a partir de uma lista preparada pela empresa internacional de seleção de executivos Spencer Stuart".
Também em nota, a Klabin disse que o executivo "estabeleceu um novo ciclo de gestão e resultados na companhia", que ainda não definiu o nome de seu substituto.
TURBULÊNCIA
No cargo desde 2011, Ferreira deixará a Vale após um período conturbado na história da mineradora, no qual teve que lidar com a queda abrupta dos preços do minério de ferro e a tragédia provocada pelo vazamento de resíduos de minério em mina operada pela controlada Samarco, em Mariana (MG).
Foi responsável por um forte movimento de corte de custos na mineradora, que vendeu ativos e reduziu investimentos para enfrentar o cenário adverso, e enfrentou a resistência de trabalhadores pelas demissões e pela mudança da sede da companhia para a Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.
Em teleconferência para anunciar a decisão de deixar a empresa, ele disse que, como defensor da idade máxima de 65 anos para executivos, não poderia permanecer na companhia —Ferreira faz 64 em junho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário