Seguidores

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Wall Street reverte alta inicial e cai após ata do Fed

Wall Street reverte alta inicial e cai após ata do Fed

quarta-feira, 5 de abril de 2017 18:53 BRT
 


]

(Reuters) - As ações dos Estados Unidos inverteram a tendência inicial de alta e recuaram após o Federal Reserve, banco central norte-americano, sinalizar que pode mudar a sua política de investimento em títulos neste ano. A maior preocupação de investidores com a capacidade do governo de Donald Trump de realizar redução de impostos, como foi prometido na campanha, após comentários de parlamentares sobre profundas divisões em Washington, também ajudou a derrubar o mercado acionário. Inicialmente, as ações subiram impulsionadas pelo forte relatório de criação de empregos no setor privado. O índice Dow Jones caiu 0,2 por cento, a 20.648 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,31 por cento, a 2.352 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,58 por cento, a 5.864 pontos. A maioria dos formuladores de política monetária do Fed acredita que o banco central dos EUA deve tomar medidas para começar a reduzir o seu balanço patrimonial de 4,5 trilhões de dólares este ano, desde que os dados econômicos se mantenham, mostrou a ata da mais recente reunião Fed. Além disso, a ata também mostrou que "alguns participantes consideraram os preços das ações num patamar bastante alto em relação às medidas padrão de avaliação". "(A ata) ou assustou os investidores por causa de uma conversa que soa como talvez (o mercado de ações) esteja criando uma bolha ou há algum pensamento de que a normalização do balanço vai prejudicar o crescimento ... ou vamos ter mais aumentos (da taxa de juros) do que o esperado", disse Janna Sampson, co-diretora de investimentos da OakBrook Investments LLC em Lisle, em Illinois. Nove dos 11 principais setores do S&P recuaram, com o setor financeiro liderando as perdas. Os setores de serviços públicos e imobiliário, considerados defensivos, foram os dois únicos que terminaram em alta. No início do dia, o S&P chegou a subir 0,8 por cento e o Nasdaq atingiu um patamar recorde, depois que os dados de emprego do setor privado superaram as expectativas do mercado. Os dados mostraram que as empresas norte-americanas contrataram 263 mil novos trabalhadores em março, o maior número desde dezembro de 2014 e bem acima das expectativas dos economistas de criação de 187 mil postos.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário