Seguidores

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Manganês extraído em Espigão do Oeste abastece indústrias no Paraná Minas e de São Paulo

Manganês extraído em Espigão do Oeste abastece indústrias no Paraná Minas e de São Paulo


A Brasil Manganês Corporation (BMC) se tornou a Meridian Mining, uma empresa de pesquisa e produção mineral constituída em espigão do Oeste que cresce e expande seus horizontes, e pela primeira vez participa da Rondônia Rural Show no Salão Empresarial Internacional, onde apresenta seus projetos de expansão para Rondônia e o Brasil.
As operações de extração de minério da empresa nas plantas dos projetos Jaburi e Rio Madeira em Espigão alcançou a produção de 34,6 toneladas de manganês em 2016, praticamente o dobro da produção registrada em 2015, e o resultado é fruto dos investimentos que Meridian vem fazendo no estado.
O manganês produzido em Espigão, em escala piloto, abastece o mercado interno e tem como destino indústrias siderúrgicas do sudeste brasileiro situadas no Paraná, Minas Gerais e em São Paulo.
O manganês é um metal não tóxico e serve como componente na fabricação de pilhas e baterias, das ligas de aço e de alumínio para fabricação de pigmentos e é utilizado na composição de alimentos, ração mineral e fertilizantes. A Meridian Mining é uma empresa de capital aberto com ações na Bolsa de Valores do Canadá, e no primeiro trimestre deste ano, por intermédio da Paradigm Capital Inc realizou uma operação de captação de 9 milhões de dólares para serem investidos em pesquisas de exploração de manganês e estanho em Rondônia.
A operação financeira da Meridian servirá para custeio de atividades de exploração e desenvolvimento do projeto Bom Futuro na região de Ariquemes, adquirido pela Companhia, para financiar uma linha de transmissão de energia com 69kV. Yuki Yamamoto, gerente de vendas e Glória Stange, da área de relacionamento comunitário da Meridian Mining, reforçam que a empresa investe no estado porque acredita que há potencial para desenvolver um projeto de mineração de grande escala em Espigão do Oeste.
Fonte: Rondonia Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário