Seguidores

sábado, 17 de junho de 2017

Requisitos da pedra preciosa

 Ametista
 Água- marinha
Sodalita

Requisitos da pedra preciosa

Pedra preciosa precisa ter obrigatoriamente cinco requisitos, como: ser bonita, límpida, ter coloração e brilho intenso e ser resistente a riscos; qualquer pedra que não possuir um dos requisitos é considerada semipreciosa.


O que são pedras preciosas e semipreciosas?
Quais os critérios para distingui-las?
Além da raridade, existem as qualidades da pedra em si. Para ser preciosa, ela precisa ter obrigatoriamente cinco características principais: ser bonita, límpida (sem incrustações de outros materiais), ter coloração atraente, brilho intenso e ser resistente à riscos. Existem tabelas que permitem que os especialistas avaliem esse aspecto em cada peça, Exemplo: A escala de MOHS é uma delas. Essa tabelas indicam, por exemplo, qual a graduação ideal de verde para uma esmeralda ou qual o seu grau de limpidez ( medido por aparelhos ópticos).
No Brasil, o responsável por essa normatização é o Departamento Nacional de Produção Mineral. Os minérios que apresentam algumas das características acima, mas não todas, são consideradas semipreciosos. É o caso, por exemplo, da sodalita, de cor azul atraente e bonita, mas que risca fácil e só fica brilhante depois de receber polimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário