Seguidores

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Bolsa dá salto após condenação de Lula   

Bolsa dá salto após condenação de Lula   



Lula: condenado a mais de nove anos de prisão: O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao lado da ex-presidente Dilma Rousseff durante inauguração de diretório do PT em Brasília© Ueslei Marcelino O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao lado da ex-presidente Dilma Rousseff durante inauguração de diretório do PT em Brasília

São Paulo — O Ibovespa ampliou os ganhos na tarde desta quarta-feira, depois que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado a nove anos e meio de cadeia. Por volta das 14h, o principal índice da Bolsa operava em leve alta de 0,07% a 63.875 pontos. Quinze minutos depois, o índice registrava ganhos de 1,11% a 64.539 pontos.
O dólar também ampliou queda após a notícia. Por volta das 14h15, a moeda norte-americana registrava desvalorização de 1,04%, sendo negociado em R$ 3,21.  
A bolsa começou o dia em alta, com o mercado animado com a aprovação da reforma trabalhista no Senado.

Condenação

O ex-presidente foi condenado pelo juiz Sergio Moro a nove anos e seis meses de prisão por lavagem de dinheiro e  corrupção passiva no caso do tríplex do Guarujá, investigado no âmbito da Operação Lava Jato.
Em suas alegações finais do processo,  o MPF pediu a prisão de Lula em regime fechado, sustentando que ele recebeu R$ 3,7 milhões em benefício próprio – de um valor de R$ 87 milhões de corrupção – da empreiteira OAS, entre 2006 e 2012.
Segundo o MP, Lula teria recebido o tríplex no Guarujá como contrapartida por contratos fechados entre a OAS e a Petrobras durante sua gestão.
Do total, R$ 2,4 milhões se referiam a melhorias e reformas de um tríplex no Guarujá, e outro R$ 1,3 milhão teria financiado o armazenamento de seus bens pessoais entre 2011 e 2016, incluindo o acervo de presentes recebidos durante seus anos na presidência, segundo a acusação do MPF.
Fonte: Exame

Nenhum comentário:

Postar um comentário