Seguidores

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Queda de preços do minério de ferro afeta exportações da Austrália

Queda de preços do minério de ferro afeta exportações da Austrália


A Austrália revisou para baixo o valor de suas exportações de recursos e energia no ano até o final de junho de 2017 em 4,6 por cento, ou quase 10 bilhões de dólares australianos (7,6 bilhões de dólares), devido principalmente à queda nos preços do minério de ferro, seu produto de exportação mais importante. A redução para 205 bilhões de dólares australianos reflete principalmente uma queda nos preços do minério de ferro ante estimativas prévias divulgadas três meses atrás, disse o Departamento de Indústria, Ciência e Inovação.
O minério de ferro deve ter média de 62,40 dólares no calendário de 2017, uma queda ante a previsão anterior de 65,20 dólares, disse o departamento. O minério de ferro tem estado em média a 74 dólares a tonelada agora este ano, o que significa que os preços continuarão a se deteriorar no segundo semestre. O preço foi cotado nesta quinta-feira na China a 61,96 dólares/tonelada.
“O crescimento da demanda global por recursos de energia e commodities, particularmente pelas matérias-primas do aço, deve desacelerar nos próximos dois anos, principalmente devido à desaceleração nos investimentos em infraestrutura e atividade de construção na China”, disse o economista chefe do departamento, Mark Cully. ”O crescimento mais lento da demanda deve afetar de maneira adversa o minério de ferro e preços do carvão metalúrgico”, ele disse.A Austrália produziu um recorde de 873,5 milhões de toneladas de minério de ferro no ano fiscal de 2017, fazendo do país o maior produtor do mundo, mostram os dados do departamento.
Fonte: Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário