Seguidores

terça-feira, 31 de julho de 2018

Autoridades moçambicanas apreendem tantalite ilegalmente extraída por empresa chinesa


Autoridades moçambicanas apreendem tantalite ilegalmente extraída por empresa chinesa

A operação foi desencadeada no dia 12 deste mês por uma equipa conjunta dos Recursos Minerais e Energia da província da Zambézia e do distrito do Gilé e da Força de Proteção dos Recursos Naturais e Meio Ambiente. A tantalite apreendida encontrava-se em 16 sacos selados de 30 quilos cada e a operação resultou igualmente na apreensão de cinco sacos não selados de quantidade diversa daquele minério.
No local, foram igualmente apreendidas várias quantidades de berilo industrial, equipamento de extração mineral, computadores e viaturas. A operação resultou igualmente na confiscação de dinheiro no valor de 125 mil meticais (1.832 euros). Um cidadão chinês foi detido no local, sendo libertado sob pagamento de 120 mil meticais de caução (1.759 euros).
A empresa em causa recebeu uma licença de prospeção e pesquisa em 10 de fevereiro de 2005, que expirou em 10 de fevereiro de 2010. O caso foi remetido ao Ministério Público, para a competente responsabilização penal, uma vez que configura pesquisa e extração ilícita de minerais, ao abrigo da legislação moçambicana.
Fonte: DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário