Seguidores

sábado, 4 de março de 2017

BERILO (CICLOSSILICATO DE ALUMÍNIO E BERÍLIO)

BERILO (CICLOSSILICATO DE ALUMÍNIO E BERÍLIO)


Berilo

Berilo é um ciclossilicato de alumínio e berílio, com cerca de 14% de berílio, 19% de Al2O3 e 67% de SiO2. Podem estar presentes em sua composição pequenas quantidades de álcalis. Mineral de dureza elevada (7,5 a 8), com densidade entre 2,75 e 2,80 g/m3, tem sistema de cristalização bem característico e ocorre normalmente sob a forma de prismas hexagonais, terminados por bipirâmides. Seus cristais são prismáticos e as faces mostram-se freqüentemente estriadas e entalhadas segundo o eixo vertical.

Amplamente distribuídas na crosta terrestre, algumas variedades do berilo são muito utilizadas como pedras preciosas e semipreciosas.

Trata-se de um mineral alocromático, isto é, apresenta-se com diversas cores: se incolor, chama-se goshenita; se verde, esmeralda; se azul ou azul-esverdeado, água-marinha; se róseo, morganita; se dourado, heliodoro. Há também berilos cinzas e alguns com a parte central rosa e a periferia verde.
O berilo é encontrado preferencialmente em rochas graníticas. No Brasil, as maiores jazidas desse mineral estão na Bahia e em Minas Gerais. Grande parte do berilo extraído das jazidas destina-se à produção do metal berílio. A inclusão de 1,5% de berílio no cobre aumenta-lhe bastante a dureza e a resistência à fadiga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário